PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Fortaleza readequa orçamento 2021 para R$ 94 milhões, R$ 19 milhões abaixo do previsto

A diretoria do Tricolor projeta fechar o ano com déficit de cerca de R$ 14 milhões

Lucas Mota
10:11 | 28/04/2021
O Fortaleza atualizou o orçamento financeiro para a temporada 2021 (Foto: Karim Georges/Fortaleza EC)
O Fortaleza atualizou o orçamento financeiro para a temporada 2021 (Foto: Karim Georges/Fortaleza EC)

O Fortaleza atualizou o orçamento para a temporada de 2021. O clube readequou os valores da projeção inicial, divulgada em dezembro de 2020. O novo documento prevê receita bruta de R$ 94,6 milhões, apresentando queda de R$ 19 milhões no comparativo com a estimativa anterior. A diretoria do Tricolor projeta fechar o ano com déficit de cerca de R$ 14 milhões.

A receita operacional líquida do orçamento aprovado pelo Conselho Deliberativo do clube prevê R$ 92,7 milhões. Os custos e despesas estimados para a temporada de 2021 são de R$ 106,7 milhões.

O orçamento do Fortaleza prevê arrecadação de R$ 4,8 mi com o programa de sócio-torcedor. A maior receita prevista é com os direitos de transmissão da Série A do Campeonato Brasileiro, de R$ 43 milhões.

Detalhe para a receita com a participação na Copa do Brasil. No documento, o Tricolor projeta receber R$ 3,76 milhões com cotas da competição, valor este já garantido após a equipe alcançar a classificação para a terceira fase. Na próxima etapa do torneio, o Leão enfrenta o Ceará - caso avance, somará mais R$ 2,7 milhões, indo além do projetado.

Conforme parecer do Conselho Fiscal do clube, a receita do sócio-torcedor estimada de R$ 4,8 milhões teve redução de 66% ao valor inicial previsto de R$ 14,4 milhões. "O clube precisará aumentar a ritmo de arrecadação para atingir o valor proposto pois seguindo a média desses primeiros meses o clube chegará ao final do ano com uma arrecadação aproximada de R$ 3 milhões", diz trecho do documento.

A agremiação do Pici espera que os números melhorem ao longo do ano após reformulação do programa de sócio-torcedor, realizada em março deste ano. "Deve proporcionar melhoria no ritmo de arrecadação e tornar viável a meta estabelecida pelo clube, como podemos ver em março ocorreram 1.417 renovações/adesões que devem proporcionar uma maior arrecadação a partir de abril."

O orçamento projeta ainda arrecadar até R$ 10 milhões com venda de jogadores. O valor é 33% maior ao estimado inicialmente. "Considerando que essa receita prevista depende da negociação de atletas, indicamos que essa previsão é a que representa um maior risco de não realização, portanto poderá comprometer ainda mais o resultado do exercício em caso de não realização."

Os dados completos sobre orçamento podem ser acompanhados através do portal Leão Tansparente.

Ouça também: