PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
Noticia

Com gol no início, Fortaleza vence Caxias e avança na Copa do Brasil

David marca, Tricolor bate time gaúcho por 1 a 0, garante cota de R$ 1 milhão e conquista classificação para segunda fase do torneio nacional

21:55 | 17/03/2021
Atacante David com a bola no jogo Caxias x Fortaleza, no estádio Centenário, pela Copa do Brasil 2021 (Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)
Atacante David com a bola no jogo Caxias x Fortaleza, no estádio Centenário, pela Copa do Brasil 2021 (Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)

Um gol nos minutos iniciais foi suficiente para carimbar o passaporte para a próxima etapa e assegurar cota milionária. Na noite desta quarta-feira, 17, o Fortaleza ganhou do Caxias-RS por 1 a 0, no estádio Centenário, em Caxias do Sul, embolsou R$ 1,07 milhão e avançou para a segunda fase da Copa do Brasil.

O único tento do confronto no Rio Grande do Sul foi marcado pelo atacante David, aos cinco minutos de jogo. O triunfo garante o montante para os cofres do clube e sela vaga na fase seguinte do torneio nacional.

Na segunda fase do mata-mata, ainda em partida única, o Tricolor enfrentará Penarol-AM ou Ypiranga-RS, que duelam na quinta-feira, 18, em Manaus. Pelo chaveamento, a equipe do Pici será mandante, independentemente do adversário, no dia 7 ou 14 de abril.

Invicto na temporada - quatro vitórias e um empate -, o Leão volta a campo diante do arquirrival Ceará, no próximo sábado, 20, a partir das 16 horas, na Arena Castelão, no primeiro Clássico-Rei de 2021, válido pela quarta rodada da Copa do Nordeste.

Gol cedo garante vaga

Ainda à procura da formação ideal e cauteloso com o desgaste dos atletas entre um jogo e outro, o técnico Enderson Moreira optou por uma dupla de volantes de mais força física, formada por Matheus Jussa e Pablo, escalou Luiz Henrique na armação e formou o ataque com Igor Torres, Wellington Paulista e David.

O camisa 17, aliás, foi o responsável por assegurar a vitória dos visitantes. Logo aos cinco minutos, Luiz Henrique fez lançamento da intermediária para o atacante, que partiu em velocidade para receber na ponta esquerda, invadiu a área e bateu forte com a perna canhota para mexer no placar do Centenário.

A partir daí, o Caxias passou a tentar explorar as bolas aéreas e o trunfo do campo molhado após forte chuva. Aos 23, após cruzamento da esquerda, Felipe Alves não conseguiu cortar, e a bola caiu nos pés de Mazola. O atacante bateu cruzado, e John Cley completou para as redes, mas o assistente marcou impedimento.

A última chance do primeiro tempo foi também do time gaúcho, aos 47, quando Eduardo cobrou falta cruzada, e Thiago Sales subiu para cabecear no canto direito para defesa do camisa 12 do Leão.

Caxias pressiona, mas não marca

Com a vitória parcial e a vantagem do empate pelo regulamento da Copa do Brasil, o Fortalza diminiuiu o ritmo na segunda etapa e viu o Caxias assumir as rédeas do confronto, na tentativa de conseguir a virada. Os donos da casa seguiram apostando nos cruzamentos de Eduardo e tiveram maior posse de bola.

A primeira oportunidade de perigo, porém, foi do Tricolor: aos oito minutos, David tocou da entrada da área para Bruno Melo, que recebeu na ponta esquerda, finalizou e ganhou escanteio. Os gaúchos responderam aos 16, quando Gustavo Ramos bateu forte da intermediária e assustou Felipe Alves.

Dois minutos depois, o Caxias teve novo gol anulado. Eduardo cobrou falta cruzada, Thiago Sales tocou de cabeça e Marlon finalizou para o gol, mas o assistente assinalou impedimento no primeiro lance.

O Leão do Pici perdeu o volante Pablo, expulso, e passou a ser ainda mais pressionado pela equipe mandante, sobretudo em jogadas aéreas. Aos 40, Felipe Tontini recebeu passe livre na área e bateu com perigo à direita do gol. Nos acréscimos, Giovane Gomez aproveitou escanteio e cabeceou por cima da meta tricolor. Apesar da pressão, os visitantes conseguiram sair com o triunfo e a vaga garantida.