PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
Noticia

Quintero relembra lesão, comemora retorno e elogia trabalho de Enderson no Fortaleza

De volta aos campos após quatro meses em recuperação, zagueiro colombiano destaca evolução do Tricolor sob comando do treinador

18:06 | 12/02/2021
Quintero voltou a atuar pelo Leão do Pici após quatro meses (Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)
Quintero voltou a atuar pelo Leão do Pici após quatro meses (Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)

A derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG, em 31 de janeiro, marcou o retorno do zagueiro Juan Quintero aos gramados com a camisa do Fortaleza. Após quatro meses em recuperação de lesão no tendão do adutor direito, o camisa 3 reassumiu a titularidade nos últimos três jogos, celebrou a recuperação e elogiou o trabalho do técnico Enderson Moreira.

Antes de contusão, a última partida do defensor colombiano havia sido na vitória por 1 a 0 sobre o Internacional-RS, na Arena Castelão, no dia 19 de setembro. Desde então, esteve sob os cuidados do departamento médico - ensaiou um retorno, mas se lesionou novamente - e chegou a contrair o novo coronavírus.

"Foi um momento complicado, difícil para mim. Não sou um jogador que fica muito tempo fora, acho que é a segunda vez que acontece na minha carreira de ficar um longo tempo fora. Para mim, é complicado. Sempre quero estar ajudando, jogando ou não, mas ver o time bem, ajudando o grupo. Foi um momento difícil, mas deu certo e estou ajudando o grupo agora", disse Quintero, em entrevista coletiva.

Recuperado depois de 134 dias de ausência, o zagueiro foi utilizado diante do Galo, no Mineirão, no decorrer do jogo, no lugar de Jackson, e voltou ao posto de titular ao lado de Paulão nas vitórias sobre Coritiba-PR e Vasco da Gama-RJ.

"Fisicamente, me sinto bem. Claro que demorei quase cinco meses, o ritmo de jogo conta bastante. Já fiz dois jogos como titular. Mas fisicamente me sinto bem, mentalmente, que é o mais importante, estou bem muito bem e feliz de estar ajudando o grupo, que é o que mais conta para mim", afirmou.

Enquanto estava fora dos gramados, Quintero viu o Leão do Pici troca de técnico duas vezes: Rogério Ceni rumou parao Flamengo-RJ e deu lugar a Marcelo Chamusca, que acabou demitido e foi substituído por Enderson Moreira. O atual comandante ganhou elogios pelo trabalho no dia a dia.

"Desde que o professor Enderson chegou, tem uma ideia muito clara de jogo, que passava para a gente nos treinos. Ele trabalha muito bem, sabe o que quer fazer e como quer posicionar o time em cada jogo. A gente pegou bem a ideia de jogo dele", avaliou o camisa 3.

Na 15ª posição da Série A, com 41 pontos, o Tricolor volta a campo diante do Palmeiras-SP, no próximo domingo, 14, a partir das 18h15min, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 36ª rodada da competição.