PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Marlon destaca sequência de adversários "do mesmo campeonato" e fala do foco em voltar a vencer

Dos próximos cinco adversários do Fortaleza, quatro lutam por permanência, que é o primeiro objetivo do Tricolor no Campeonato Brasileiro, incluindo o Vasco

Brenno Rebouças
15:34 | 18/11/2020
Meia Marlon disse que o grupo está focado em voltar a vencer (Foto: Aurelio Alves/ O POVO)
Meia Marlon disse que o grupo está focado em voltar a vencer (Foto: Aurelio Alves/ O POVO)

Diante do Vasco da Gama, nesta quinta-feira, 19, o Fortaleza tentará dar fim a sequência de quatro derrotas consecutiva na Série A do Brasileiro. Vencer o Cruz-Maltino é importante não só para espantar a má fase, mas também por se tratar de um time que “joga o mesmo campeonato” do Tricolor, segundo o meia Marlon.

É que o Vasco ocupa hoje a 16ª colocação, a primeira fora da zona de rebaixamento, estando atrás do Fortaleza. Nesse caso, um triunfo não só afastaria o Leão das últimas quatro posições como seguraria um concorrente direto lá atrás. Essa será, aliás, a realidade de outros três dos quatro confrontos que o Tricolor tem pela frente depois do duelo desta quinta-feira, que é, inclusive, atrasado, válido pela 16ª rodada da competição.

Depois de enfrentar o Vasco, o Fortaleza encara o Botafogo no Rio de Janeiro, o Goiás e o Corinthians em casa e o Bragantino em São Paulo. Destes, apenas o Timão, a peso de hoje, está acima do Leão na classificação, mas por apenas um ponto, sendo também, portanto, um concorrente direto.

"É o que a gente diz, é o nosso campeonato. Esses próximos quatro outro cinco jogos serão brigas bem diretas, ponto a ponto, o grupo está consciente disso. Vamos entrar totalmente focados, dedicados, para, se Deus quiser, conquistar pontos fora de casa. É difícil, campeonato brasileiro é difícil, mas vamos em busca desses pontos para suprir os que a gente perdeu dentro de casa", disse Marlon, pensando primeiramente na partida contra o Cruz-Maltino.

Apesar da troca recente no comando técnico do clube, o meia garante que a adaptação foi rápida, principalmente porque o grupo abraço os novos profissionais que chegaram. "Chamusca passou total confiança, é um cara que a gente ainda vai ter oportunidade de ter uma sequência de trabalho, mas os quatro ou cinco dias em que está com a gente, é um cara de um coração muito aberto, excelente profissional, assim como a comissão técnica dele. Está implantando aos poucos o método dele de trabalhar e o grupo abraçou ele e a comissão técnica”, garante.

Vasco e Fortaleza se enfrentam em São Januário, às 19 horas desta quinta-feira, 19. 

Próximos jogos do Fortaleza na Série A:

Vasco x Fortaleza - 19/11
Botafogo x Fortaleza - 22/11
Fortaleza x Goiás - 26/11
Fortaleza x Corinthians - 2/12
Bragantino x Fortaleza - 12/2