PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Nos pênaltis, Fortaleza perde para São Paulo e se despede da Copa do Brasil; veja gols

Leão empata no tempo normal, mas cai para Tricolor Paulista em longa disputa de pênaltis e encerra participação nas oitavas de final do torneio

22:55 | 25/10/2020
SAO PAULO em 25 de outubro de 2020. Jogo pelas oitavas de final da copa do brasil 2020, entre Sao Paulo x Fortaleza  - Brenner jogador do Sao Paulo disputa lance com Paulao jogador do Fortaleza durante partida no estadio Morumbi. Foto: BRUNO ULIVIERI/AE (Foto: BRUNO ULIVIERI/AE)
SAO PAULO em 25 de outubro de 2020. Jogo pelas oitavas de final da copa do brasil 2020, entre Sao Paulo x Fortaleza - Brenner jogador do Sao Paulo disputa lance com Paulao jogador do Fortaleza durante partida no estadio Morumbi. Foto: BRUNO ULIVIERI/AE (Foto: BRUNO ULIVIERI/AE)

Na antiga casa de Rogério Ceni, o sonho de avançar na Copa do Brasil ruiu. Após empate em 2 a 2 no tempo normal, o Fortaleza perdeu por 10 a 9 para o São Paulo na disputa de pênaltis, neste domingo, 25, no Morumbi, pelas oitavas de final, e deu adeus ao torneio nacional.

O Leão viu Brenner marcar logo aos dez minutos de jogo e ampliar o marcador no segundo tempo, chegando a quatro gols em dois jogos contra o time do Pici. Na reta final, David diminuiu o placar e Roger Carvalho empatou nos acréscimos. O revés põe fim à tentativa de chegar às quartas de final pela segunda vez na história.

O Tricolor de Aço volta a campo diante do Fluminense-RJ, no próximo sábado, 31, às 21 horas, na Arena Castelão, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time comandado por Ceni ocupa a oitava posição, com 24 pontos.

Assista aos gols de São Paulo 2 x 2 Fortaleza

São Paulo domina e marca

Depois do empate em 3 a 3 no jogo de ida, o Fortaleza foi a campo com a formação mais frequente nos últimos jogos - Ronald e, desta vez, Tinga pelos lados do campo -, mas não conseguiu se encontrar. O São Paulo, por sua vez, desde os movimentos iniciais, tomou as rédeas e foi superior.

Com a característica da troca de passes, o Tricolor do Morumbi não finalizou muitas vezes, mas assustou Max Walef. Aos nove minutos, Gabriel Sara recebeu passe na entrada da área, chutou travado e ganhou escanteio. Na cobrança, após bate-rebate na área, Igor Gomes escorou de cabeça, e Brenner acertou um voleio para abrir o placar.

O Leão tentava sair para o jogo após ficar em desvantagem no placar, mas errava muitos passes e esbarrava na marcação dos donos da casa. Bem postado em campo, o São Paulo tentava construir jogadas coletivas antes de arrematara gol.

Aos 23 minutos, Igor Gomes partiu com a bola da intermediária e bateu com perigo por cima da meta visitante. Seis minutos depois, Gabriel Sara fez jogada individual e encontrou Luciano na entrada da área. O camisa 11 dominou e chutou à direita de Max Walef.

Somente na reta final da primeira etapa o Fortaleza conseguiu finalizar no Morumbi. Aos 31, David fez jogada pelo lado esquerdo do ataque e cruzou para Romarinho, que cabeceou mal. Já aos 39, foi a vez do próprio David arriscar chute forte de fora da área, mas a bola foi para fora.

Leão reage e empata

Diante da postura da equipe no primeiro tempo, Rogério Ceni mexeu ainda no intervalo: sacou Ronald e colocou Yuri César, visando ter mais velocidade e maior poder de fogo ofensivo. Nos primeiros minutos da etapa complementar, o São Paulo ainda se mostrou soberano, mas o Leão conseguiu reagir.

Aos 12 minutos, em rápido contra-ataque, Gabriel Dias recebeu enfiada de bola e saiu na cara de Tiago Volpi, mas o arqueiro fez boa defesa para evitar o empate. Dois minutos depois, o camisa 1 teve boa nova intervenção para evitar o gol de Felipe em chute forte de fora da área. Aos 20, David recebeu passe de Yuri César na ponta direita, livrou-se do marcador e chutou rasteiro, mas Volpi defendeu.

Melhor em campo, o Fortaleza se lançou ao ataque e deixou brechas na defesa. Brenner partiu em contra-ataque aos 22 minutos, mas foi interceptado por Paulão na entrada da área. Quatro minutos, porém, os visitantes não conseguiram cortar o ataque: após cruzamento para a área, a bola sobrou para Brenner bater de primeira e ampliar a vantagem.

Depois de marcar o segundo gol, o São Paulo conseguiu retomar o controle da partida, mas acabou sofrendo gol em vacilo da defesa. Diego Costa errou passe na saída de bola, David tabelou com Yuri César em contra-ataque e bateu cruzado na saída de Tiago Volpi para fazer 2 a 1.

Nos minutos finais do duelo, o Leão tentava pressionar e explorar o lado esquerdo com Osvaldo. Aos 42, Daniel Alves fez jogada pelo lado direito e achou Luan dentro da área, mas Max Walef defendeu a finalização do volante duas vezes. Já nos acréscimos, aos 46 minutos, Juninho mandou bola para a área, e Roger Carvalho subiu com liberdade para testar firme e igualar o placar.

Disputa de pênaltis

Na decisão em cobranças de penalidades, os batedores capricharam e alongaram a definição do vencedor. Até mesmo os goleiros Max Walef e Tiago Volpi converteram. Na reta final, Gabriel Dias perdeu pelo Fortaleza, e Léo converteu para carimbar a classificação do São Paulo.