PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Diniz elogia trabalho de Ceni no Fortaleza: "é um time difícil de se enfrentar"

Técnicos de São Paulo e Fortaleza nutrem uma boa relação e diversas vezes já trocaram comentários positivos público

15:43 | 12/10/2020
Diniz já foi elogiado por Ceni em outras oportunidades e retribuiu as palavras antes do primeiro embate entre ambos pela Copa do Brasil (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
Diniz já foi elogiado por Ceni em outras oportunidades e retribuiu as palavras antes do primeiro embate entre ambos pela Copa do Brasil (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Depois de duas vitórias pela Série A do Brasileiro, o São Paulo voltou a respirar e reuniu confiança para fazer sua estreia na Copa do Brasil deste ano. Nesta quarta-feira, 14, o tricolor paulista enfrenta o Fortaleza, no Castelão, às 19h15, no jogo de ida das oitavas de final.

Ao analisar o adversário, Diniz não poupou elogios ao time e, principalmente, a Rogério Ceni. Os dois nutrem uma boa relação e diversas vezes já trocaram comentários positivos públicos.

"Nós vamos jogar contra um grande adversário. Acho que o Rogério faz um trabalho de ponta no Fortaleza. Eu devolvo a ele todos os elogios que tece a mim, é um dos treinadores que tem mais consistência de trabalho desde que assumiu o Fortaleza. É um time difícil de se enfrentar, lá em Fortaleza mais difícil ainda", disse Diniz.

"A gente tem que se preparar bem, saber enfrentar um adversário tão forte, que tem jogado tão bem. Não foi surpresa para mim eles terem ganhado do Atlético-MG. O Fortaleza sempre tem chance de ganhar dos adversários que ele joga contra, porque é muito bem treinado. Jogadores que se encaixaram e que conseguem cumprir muito bem aquilo que o Rogério determina na parte tática", finalizou.

A competição nacional é de fundamental importância para Fernando Diniz. Afinal, seu time foi eliminado de maneira precoce no Paulistão e na Libertadores. Além disso, é o único título que ainda não foi conquistado pelo clube do Morumbi. Dessa forma, o treinador sabe que possui uma grande responsabilidade e, para atingir o objetivo de levar a equipe à glória, quer ver um Tricolor consistente em campo.

"Saber como se ganha? É mais fácil saber como se perde (risos). Acho que a gente tem que focar naquilo que aumenta nossas chances de ganhar. É um campeonato muito duro, muito difícil. O que a gente tem que fazer é continuar com o nosso trabalho, ser consistente. Na Copa do Brasil, você não tem chance de errar. São dois jogos de mata-mata que definem se você passa ou não", afirmou o técnico.