PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Fortaleza negocia com Grêmio para receber valores pela venda de Everton ainda este ano

O Benfica deve pagar os valores pela transferência do atacante ao clube gaúcho em parcelas divididas durante quatro anos

Victor Hugo Pinheiro
19:17 | 07/08/2020
O atacante da Seleção Brasileira está a caminho do Benfica (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
O atacante da Seleção Brasileira está a caminho do Benfica (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Com a venda de Everton Cebolinha ao Benfica, o Fortaleza, que tem direito a 10% do negócio, já conversa com o Grêmio para monitorar os desenvolvimentos da negociação. O Esportes O POVO apurou que o time português vai parcelar o valor da transferência em quatro anos. Apesar do parcelamento, o Leão tem o interesse de receber a sua parte do valor em uma vez. A primeira parcela deve ser paga pelos Encarnados ainda neste ano.

Consultado sobre a transferência do atacante, o presidente do Conselho Deliberativo do Fortaleza, Demétrius Coelho, falou que o clube não acha interessante receber o valor que tem direito em parcelas, portanto, a diretoria do Leão entrou em contato os dirigentes do time gaúcho para viabilizar o recebimento dos 10% da negociação em uma vez.

Perguntado sobre os valores da transferência, o presidente do conselho optou por não revelar. A especulação é que Grêmio vendeu Everton por 20 milhões de euros (R$ 127,6 milhões, pela cotação atual). Com isso, o Fortaleza teria direito a receber R$ 12,7 milhões. Parte desse valor, R$ 6 milhões, será repassado ao ex-presidente Eduardo Girão, como pagamento de um empréstimo cedido pelo ex-dirigente ao clube, ainda em 2017.

Além disso, outros investidores também têm direito a pequenas porcentagens que serão pagas. O Fortaleza ainda deve receber um valor entre 0,5% e 1% de transferência por ser clube formador do atacante.

A ida de Everton Cebolinha ao Benfica foi um pedido especial feito pelo técnico Jorge Jesus. Antes de fechar com o Benfica, o jogador foi alvo de uma série de especulações em torno de uma possível saída ao futebol europeu. Os rumores começaram no meio do ano passado, quando foi destaque do título do Brasil na Copa América de 2019.

No Grêmio desde 2013, quando chegou para atuar pelas categorias de base do time gaúcho, o jogador construiu uma trajetória de muito sucesso no Tricolor Gaúcho. Ao todo, ele disputou 274 jogos e marcou 69 gols, além de conquistar cinco títulos: Campeonato Gaúcho em 2018 e 2019, Taça Libertadores 2017, Recopa Sul-Americana 2018 e Copa do Brasil 2016.