PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Nos pênaltis, Fortaleza elimina Sport da Copa do Nordeste

O jogo acabou empatado sem gols, o que obrigou a decisão através das penalidades

Gabriel Lopes
18:05 | 25/07/2020
Felipe Alves, goleiro do Fortaleza, defendeu um pênalti contra o Sport (Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)
Felipe Alves, goleiro do Fortaleza, defendeu um pênalti contra o Sport (Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)

Neste sábado, 25, Fortaleza e Sport-PE fizeram o duelo de “leões” pelas quartas-de-final da Copa do Nordeste, no estádio Barradão, em Salvador. As duas equipes fizeram uma partida bastante parelha, com marcação forte e muitas faltas. Dessa forma, o placar se manteve inalterado até o final do jogo, forçando a disputa da vaga na semifinal através das penalidades. Felipe Alves defendeu uma cobrança, Patric desperdiçou a outra para os pernambucanos, e o Tricolor do Pici venceu por 4 a 1, pois converteu em todas suas oportunidades.

O Fortaleza disputará a semifinal na próxima terça, 28, às 21h30min, ou quarta-feira, 29, às 19h30min, contra o Ceará, que derrotou o Vitória-BA pelo outro jogo das quartas-de-final, por 1 a 0. O dia e o local do Clássico-Rei ainda será definido.

O primeiro tempo da partida foi marcado pela forte marcação das duas equipes, apesar do Fortaleza ter mais posse de bola. Contudo, a postura compacta em campo do Sport anulou praticamente todas as investidas do Tricolor do Pici, que tocou bastante a bola, sem objetividade. Os pernambucanos se limitaram a atacar através da bola parada, mas não obteve sucesso.

Somente aos 28 minutos houve uma real chance de gol, a favor do Leão do Pici. Osvaldo mandou a bola na área, ela foi desviada pela zaga e sobrou para David, que cruzou para o meio. Romarinho, vindo de trás, chutou, mas sem precisão, e a bola passou rente à trave do goleiro Mailson.

No segundo tempo, o Sport voltou com mais objetividade, buscando criar chances no ataque. O clube pernambucano teve pelo menos quatro chances claras de gol, uma delas em chute do meio do campo de Hernane, no início da etapa final, que percebeu Felipe Alves adiantado. Contudo, o goleiro do Tricolor se recuperou e fez grande defesa.

O Leão da Ilha do Retiro continuou pressionando o Fortaleza até o fim do jogo, mas o placar permaneceu inalterado, sem tentos anotados para os dois lados. O Leão do Pici diminuiu o ritmo e só levou perigo com bolas paradas e chutes de fora da área, mas não conseguiu balançar as redes. Dessa forma, o jogo foi para a disputa por pênaltis.

Nas penalidades, o goleiro Felipe Alves foi herói, com uma defesa, o que garantiu o triunfo do Fortaleza por 4 a 1 sobre o Sport. Felipe defendeu o chute de Leandro Barcia, na primeira cobrança dos pernambucanos. O segundo pênalti do Leão da Ilha foi isolado por Patric. Do lado do Tricolor do Pici, todas as quatro cobranças foram convertidas (por Juninho, Bruno Melo, Marlon e Edson Cariús), enquanto o Sport só fez um gol na sequência, com Maidana.