PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Adversário do Fortaleza, Náutico vive mau momento nos Aflitos e convive com várias lesões

Leão enfrenta um Timbu pressionado que precisa voltar a vencer para espantar a desconfiança da torcida alvirrubra

Vinícius França
11:05 | 13/03/2020
Estádios dos Aflitos não vem sendo o
Estádios dos Aflitos não vem sendo o "caldeirão" que a torcida esperava em 2020 (Foto: Divulgação/Náutico)

O Fortaleza entra em campo no caldeirão dos Aflitos no sábado, 14, às 18 horas, para encarar o Náutico na Copa do Nordeste. O duelo é importantíssimo para que as equipes possam confirmar a vaga nas quartas de final o quanto antes. O Timbu, por sua vez, tem um objetivo particular na partida: voltar a vencer dentro de casa e espantar a desconfiança da torcida. Com vários desfalques e algumas dúvidas, o Alvirrubro terá que enfrentar percalços se quiser superar o Leão.

Em 2020, o Náutico faz seu pior início de temporada como mandante nos últimos dez anos. O temido estádio dos Aflitos não tem feito tanta diferença para os pernambucanos, que somam seis empates, duas vitórias e uma derrota em seus domínios. O Timbu está há quatro jogos sem vencer em casa, levando cinco gols nesse período, e há seis partidas sem vencer no geral, com nove gols sofridos durante esse tempo. O último triunfo foi no dia 15 de fevereiro.

Diante desse cenário, o Náutico deve encarar o jogo contra o Fortaleza como decisivo por fatores que vão além das quatro linhas. É questão de reconquistar a confiança dos torcedores, abalada não só pelos resultados, mas também pelas várias ausências por lesão que o clube vem somando ultimamente. Os zagueiros Camutanga, Rafael Dumas e Ronaldo Alves, o volante Josa e os atacantes Álvaro e Matheus Carvalho foram vetados pelo Departamento Médico e não enfrentam o Leão.

Além desses desfalques, o Timbu ainda convive com algumas dúvidas para o confronto. O volante Djavan e o zagueiro Diego Silva estão na transição e têm mais chances de jogar, mas o atacante Kieza, que teve passagem pelo Fortaleza em 2019, fez tratamento no tornozelo na quinta-feira, 12, e não treinou com os companheiros.

Mas nem tudo é nebuloso ou preocupante para o Náutico. O técnico Gilmar Dal Pozzo terá boa dor de cabeça para decidir entre Hereda e Bryan para a titularidade da lateral direita. O retorno do atacante paraguaio Guillhermo Paiva é esperado, e o lateral-esquerdo Erick Daltro, que tinha se queixado de dores, não preocupa a comissão técnica. Destaque absoluto do Timbu na temporada, Jean Carlos vai para o jogo. O meia soma seis gols e quatro assistências em 2020 e terá reencontro com o técnico Rogério Ceni, que já o dispensou do São Paulo.

Caso o Fortaleza aproveite o mau momento do adversário e vença nos Aflitos, o Tricolor soma 14 pontos e dá um bom salto na tabela, podendo até ocupar a liderança se o Bahia não vencer o América-RN. Já o Náutico, que faz parte do grupo do Ceará, chega aos 14 pontos com uma vitória e também pode ficar na primeira colocação, mas ainda depende da partida entre Confiança e CRB.