PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Paulão comenta resultado diante do Independiente e dá "nota máxima" ao torcedor do Fortaleza

Titular nos 90 minutos, zagueiro mostra otimismo para a partida de volta, mas mantém os pés no chão e confia na força do torcedor no Castelão

09:46 | 14/02/2020
Paulão já está "mentalizando" o jogo de volta contra o Rey de Copas
Paulão já está "mentalizando" o jogo de volta contra o Rey de Copas (Foto: Aurélio Alves/O POVO)

Titular durante os 90 minutos na derrota por 1 a 0 para o Independiente nessa quinta-feira, 13, pela Copa Sul-Americana, o zagueiro Paulão já parece estar assimilando o resultado para focar no jogo de volta, que será no dia 27 de fevereiro, às 21h30min, no Castelão. Em conversa com a imprensa após a partida, o defensor mostrou estar otimista pela classificação, mas mantém os pés no chão por saber da dificuldade do confronto contra o Rey de Copas.

“A vaga está aberta, não tem nada concluído. Se fosse diferente, não estava definido pra gente. Se tivéssemos vencido por 1 a 0, teria o jogo de volta. Então, a gente sabe que quando são jogos de ida e volta, não tem nada definido na primeira partida. Vamos jogar em casa como eles jogaram no primeiro jogo: tranquilos. Vamos nos sentir assim dia 27”, disse Paulão, já pensando no apoio da torcida do Fortaleza no Castelão para o desafio.

Somando check-ins e ingressos vendidos, o jogo de volta contra o Independiente já tem mais de 30 mil pessoas confirmadas. Esse engajamento do torcedor tricolor, que também invadiu Buenos Aires, não passou despercebido pelo zagueiro: “A torcida tem vivido o Fortaleza de forma totalmente diferente. O que a torcida tem feito, de invadir a Argentina sendo o primeiro jogo da Sul-Americana, não é final, não são quartas (de final), claro que isso pro Fortaleza é grande. A gente sente isso, com certeza. Nota máxima, parabéns pro torcedor”, elogiou.

Apesar de toda a empolgação pela disputa continental, o Leão ainda tem outros compromissos neste início de temporada. Na segunda-feira, 17, às 20 horas, o time encara o Imperatriz fora de casa, no estádio Frei Epifânio, pela Copa do Nordeste. Ainda sem confronto confirmado no meio de semana, a equipe volta a campo só no sábado, 22, contra o Confiança, também pelo Nordestão. A ansiedade da torcida pelo jogo de volta é grande e acaba passando para os jogadores. Mas Paulão reforça que o foco tem que ser dividido entre todas as competições.

“Não deixamos a concentração diminuir, nosso ímpeto diminuir. Esse jogo vai ficar na mente do torcedor e na nossa mente também, porque claro, antes de chegar o próximo jogo, a gente vai ficar mentalizando o que aconteceu aqui hoje”, alertou o zagueiro, que sofreu o primeiro revés da temporada, junto com o Fortaleza. “Nós precisamos voltar a jogar outras competições que são importantes também. Vai ser bom ter esse tempo para que nós possamos recuperar a autoestima”.