PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
Puxão de Orelha

Ceni comenta pênalti cometido por Diguinho, diante do Moto: "futebol tem que ser mais simples"

Técnico tricolor fez avaliação positiva sobre o jovem jogador no geral, mas ressaltou que não venceu o jogo devido um erro bobo

22:05 | 23/03/2019
Para Ceni, decisão errada tomada pelo defensor do Fortaleza tirou a vitória do Leão sobre o Moto Club   (Foto: Fabio Lima/O POVO)
Para Ceni, decisão errada tomada pelo defensor do Fortaleza tirou a vitória do Leão sobre o Moto Club (Foto: Fabio Lima/O POVO)(Foto: Fabio Lima/Fabio Lima)

A produção do Fortaleza no empate diante do Moto Clube em São Luís, por 1 a 1, foi bem abaixo da média, mas se não fosse o pênalti cometido pelo zagueiro Diguinho sobre Diego Vítor, o Leão teria saído do Castelão com uma vitória simples. O técnico Rogério Ceni comentou sobre o lance e fez um alerta ao jovem jogador, de apenas 17 anos, que fez sua estreia no profissional do Fortaleza. 

“O futebol algumas vezes tem que ser mais simples. Ele (Diguinho) estava fazendo ótima partida e às vezes um erro acaba marcando”, disse o técnico tricolor.

Na jogada que terminou em pênalti, Diguinho tomou à frente de Diego Vítor, após uma cobrança de lateral, e poderia ter afastado a bola com um chute, mas foi tentar puxá-la para o outro lado e acabou desarmado pelo atacante, já próximo da grande área. Ao tentar recuperar, derrubou o jogador do Moto Clube e o árbitro marcou pênalti.

“Foi um erro bobo que nos custou o jogo”, resumiu Ceni. Apesar disso, o técnico elogiou a atuação do jogador em um todo. “O Diguinho se portou bem fisicamente. Cometeu um erro [...], mas no geral jogou bem para um garoto de 17 anos”, concluiu.

 Redação O POVO Online