PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
CAMPEONATO CEARENSE

Fortaleza solicitou árbitro de fora para partida decisiva contra o Floresta no Estadual

17:05 | 12/03/2019
Rodolpho Toski (foto), do Paraná, é árbitro da Fifa e apitou o último Clássico-Rei (Foto: Divulgação)
Rodolpho Toski (foto), do Paraná, é árbitro da Fifa e apitou o último Clássico-Rei (Foto: Divulgação)

Obrigado a vencer na última rodada da segunda fase do Campeonato Cearense para seguir adiante na competição sem depender de mais ninguém, o Fortaleza decidiu solicitar arbitragem de fora mais uma vez, agora para encarar o Floresta. O Esportes O POVO confirmou com a diretoria Tricolor que o pedido já foi encaminhado à FCF, que aciona a CBF para a indicação de dois nomes.

Diferente do que aconteceu no Clássico-Rei, quando os custos da arbitragem FIFA foram custeados pelos dois clubes, contra o Floresta o Leão vai bancar tudo. Os custos giram em torno de R$ 25 mil. Deste montante, R$ 5 mil precisa ser pago à FCF antes mesmo do sorteio, previsto para o dia 18 (segunda-feira).

O Esportes O POVO apurou, no entanto, que a diretoria do Leão não quer árbitros FIFA, no intuito de baratear os custos.

Não é novidade o Fortaleza solicitar arbitragem de fora para um jogo diferente do Clássico-Rei. Na temporada 2018, o Tricolor fez cinco pedidos, inclusive nos dois jogos semifinais contra o próprio Floresta.

Listen to "#41 - EXTRA: Pós-Jogo Fortaleza 0 x 0 Ceará: quem foi melhor no Clássico-Rei" on Spreaker.

BRENNO REBOUÇAS