PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
DETALHES DA NEGOCIAÇÃO

Fortaleza renovou com Ceni por um ano: "contrato tem valorização, porque agora estamos na Série A", diz presidente

17:23 | 30/11/2018

Bom relacionamento fez a diferença na negociação, diz o dirigente. Foto: Mateus Dantas/O POVO
Após uma semana de suspense, o Fortaleza anunciou no final de tarde desta sexta-feira (30) a renovação de contrato com o técnico Rogério Ceni. Logo após a notícia ser oficializada, o presidente do clube, Marcelo Paz, deu entrevista ao programa Trem Bala, da Rádio O POVO/CBN, dando detalhes da negociação.


O dirigente confirmou que o novo acordo com o treinador tem prazo de um ano, apesar de a diretoria ter proposto um vínculo por um período maior. Paz não deu detalhes dos valores envolvidos na negociação, mas revelou que os valores salariais foram reajustados conforme o novo status do time, que disputará a Série A do Brasileirão em 2019.

"É um contrato de um ano. Não vou revelar os valores, porque aí estaria quebrando o sigilo de contrato. Logicamente que tem uma valorização, porque estamos saindo da Série B e agora estamos na Série A. Então, lógico que teríamos que fazer uma valorização", afirmou Paz. "Tínhamos a ideia de um contrato de dois anos. Mas entedemos como natural a escolha dele (em renovar só por um ano), é uma opção. Entendemos perfeitamente. Em um ano dá para se fazer muita coisa", pontuou.

De acordo com Paz, Ceni foi assediado pelo mercado e recebeu várias propostas. Mas o bom relacionamento com a diretoria e o acolhimento que o técnico teve no Tricolor fez a diferença para a renovação. "Tivemos uma conversa muito boa em Curitiba (na sexta-feira da semana passada), após o último jogo da Série B. O restante tratamos sempre por telefone. Claro que a boa relação que temos com ele fez a diferença, pela confiança, pelo alinhamento desde o príncipio, ao longo de todo o ano. O profissionalismo que o clube mostrou fez a diferença. Ele tinha várias propostas, mas privilegiou o clube que apoiu ele, que deu todas as condições de trabalho. Ele entendeu que o melhor era renovar com a gente", cravou.


VEJA MAIS: FORTALEZA - OS NÚMEROS DO TÍTULO TRICOLOR | NA PRANCHETA #42

BRUNO BALACó

Recomendadas para você

Comentários