PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
PEDRINHO SIMÕES

Ex-goleiro ídolo do Fortaleza vive expectativa por título da Série B e elogia Rogério Ceni

Ex-paredão do Tricolor na final da Taça Brasil, em 1960, Pedrinho Simões torce para que o time conquiste a Segundona: "Merece ser campeão brasileiro"

18:25 | 09/10/2018
Pedrinho Simões é um dos maiores goleiros da história do Fortaleza. Foto: Bruno Oliveira / Fortaleza EC
 
Ídolo do Fortaleza, o ex-goleiro Pedrinho Simões, 80 anos, esteve no primeiro grande feito nacional do clube, quando ajudou o time na campanha do vice-campeonato da Taça Brasil, em 1960. Apaixonado pelo Tricolor do Pici, o octogenário segue acompanhando a equipe como torcedor e vive a expectativa pelo título do Leão na Série B 2018.

"Estou torcendo para que seja campeão. Não é só classificar, é ser campeão brasileiro. O Fortaleza merece ser campeão brasileiro", afirmou Pedrinho em entrevista ao Esportes O POVO.

+ Fortaleza encara tabu em duelo contra o Oeste

O ex-paredão tricolor espera ver em 2019, inclusive, o Clássico-Rei na Série A. Para isso, o Fortaleza tem que carimbar o acesso e o maior rival, Ceará, escapar do rebaixamento da competição. Pedrinho costuma assistir aos jogos do Leão pela TV, mas projeta um retorno às arquibancadas, caso ocorra o duelo máximo do futebol cearense na elite do esporte. "Se eu estiver vivo ainda, irei com todo prazer", disse aos risos. "Já imaginou os dois fazendo um jogo (pela Série A) no Castelão? Seria pequeno para colocar as duas torcidas. É algo que seria interessante em todos os sentidos para o futebol cearense", completa o ex-jogador.

Ouça o último episódio do FutCast, o podcast do O POVO sobre futebol cearense

Para Pedrinho, a contratação de Rogério Ceni para a temporada foi o maior acerto do clube. "Foi a melhor coisa que o Fortaleza fez pela divulgação dele na mídia, pelo carisma. Ele deveria ter começado como treinador onde está hoje. Todos estão olhando pra ele agora. Se ele for campeão, passando para a Série A, será muito difícil de permanecer, o que seria uma excelente notícia para o Fortaleza. Espero que ele seja iluminado até a última partida, sendo campeão", comentou.

Homenagem no Fortaleza
Pedrinho Simões voltou ao clube após dez anos. O ex-goleiro recebeu uma homenagem do Fortaleza em sua sede, no Pici. "Quase que eles me matam do coração. Meus filhos estavam todos presentes. Tive contato com a meninada treinando. Pra mim, foi muito gratificante, batemos uma bola, emocionante", contou.
 

LUCAS MOTA

Recomendadas para você

Comentários