"Fizeram o serviço completo", dispara Ceni contra arbitragemFortaleza Esporte Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


"Fizeram o serviço completo", dispara Ceni contra arbitragem

Com gol irregular nos acréscimos, Tricolor saiu de campo derrotado

09:48 | 22/08/2018
NULL
NULL

[FOTO1]

A derrota do Fortaleza pelo placar de 2 a 1 para o CRB, pela Série B do Campeonato Brasileiro, foi muito contestada por Rogério Ceni que viu cair por terra uma invencibilidade de quatro partidas consecutivas com triunfo. Visivelmente chateado, o técnico Tricolor direcionou duras críticas ao trio de arbitragem da partida no coletiva pós-jogo.

O lance que ocasionou polêmica aconteceu nos acréscimos da segunda etapa. O gol da vitória do clube regatiano saiu dos pés de Iago, que aproveitou - completamente impedido - o rebote do goleiro Marcelo Boeck para virar a partida.

"Foi bem infantil o primeiro gol, não se pode tomar gol daquele jeito em uma equipe profissional. O segundo foi irregular. O bandeira não sabe nem a regra, disse que depois que Boeck espalmou tinha condições, não disse coisas com coisa. Por isso fui dar os parabéns, fizeram o serviço completo", desabafou.

"Um erro grotesco de arbitragem dói bastante, nós conseguimos reagir hoje de novo e perder dessa forma dói bastante. Sábado temos que vencer. Por isso eu falo para vocês pararem com essa história de "x" vitórias para o acesso, porque quando você tá em primeiro tem que jogar para vencer todas", finalizou.

Com 43 pontos, o Fortaleza direciona agora suas atenções para a partida contra o Londrina, marcada para às 19 horas do sábado, 25, na Arena Castelão. A equipe cearense ainda continua com uma vantagem considerável (oito pontos) para o quinto colocado, Guarani de Campinas, mas não quer desperdiçar oportunidades para abrir uma distância ainda maior.

Em que pese a derrota, o time do Pici não foi o único a tropeçar. O CSA, segundo colocado, perdeu por 2 a 1 para o Oeste-SP e deixou escapar a chance de diminuir a vantagem para o Fortaleza, que continua líder com seis pontos de diferença.

A diretoria do Fortaleza deve entrar com uma representação contra o trio de arbitragem da partida na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A informação foi dada pelo diretor de futebol do Tricolor, Daniel de Paula Pessoa.  

TAGS