PUBLICIDADE
Esportes

"Eu chego pronto para fazer gols", garante Ederson em apresentação

19:11 | 25/07/2018
NULL
NULL
[FOTO1] 
Se a negociação entre Fortaleza e Ederson foi uma novela, depois de acertada a contratação tudo correu muito rápido. Em intervalos de horas o jogador foi anunciado, chegou ao Pici para treinar com o grupo e já foi até apresentado oficialmente. O atacante se diz pronto para jogar e promete ser o centroavante que o time precisa hoje.

“Eu chego pronto para fazer gols. Sou atacante, vivo disso. Gosto de jogar bastante centralizado, como um camisa 9, mas com opção de ficar me movimentando, bem à vontade”, disse o novo reforço do Leão. Como credencial, ele citou a campanha de 2013, quando vestia a camisa do Atlético Paranaense e foi artilheiro da Série A do Brasileiro, com 21 gols. “Espero continuar essa carreira vitoriosa aqui também”, projeta. 

Ele encerrou vínculo com o Atlético-PR e o Kashiwa Reysol-JAP (estava emprestado ao clube brasileiro pelo time japonês e os contratos de ambos se encerraram juntos) no dia 30 de junho e desde então vinha mantendo a forma no ABC-RN. Por isso, Everton afirma que se Rogério Ceni precisar, ele já pode atuar no sábado. “Se não der no físico, eu boto no coração para correr mais um pouquinho”, compromete-se. O jogador vai viajar com a delegação para Caxias do Sul e a expectativa é de regularização até sexta-feira, 27.

A demora no acerto com o atacante foi normal, segundo o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz. Ele justificou que trata-se de um jogador que já foi artilheiro do Brasileirão, que este ano foi o goleador do Campeonato Paranaense (com 9 gols) e que tinha até outras propostas. Ederson confirmou outras opções e disse por que escolheu o Tricolor. 

“Financeiro não foi, porque tive propostas melhores. Eu vim pelo projeto do clube. Quando o presidente ligou eu falei que estava feliz com a procura dele e senti verdade no que ele disse”, garante Ederson.

Ele é a último homem de referência que o Fortaleza trará neste restante de temporada, segundo o mandatário tricolor. “Com a vinda do Ederson, não vamos mais trazer outro camisa 9. Nossos três são Gustavo, Wilson e Ederson”, avisa o presidente. 

TAGS