PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube

Em reencontro de Rogério Ceni com Ney Franco, Fortaleza e Goiás duelam no Castelão

De um lado, Rogério Ceni e seus comandados tentam manter a invencibilidade e as primeiras posições da tabela. Do outro, Ney Franco estreia com o objetivo de dar a primeira vitória a sua nova equipe. É neste cenário que Fortaleza e Goiás se encontram neste sábado (12), às 19h (de Brasília), na Arena Castelão, pela […]

20:15 | 11/05/2018

De um lado, Rogério Ceni e seus comandados tentam manter a invencibilidade e as primeiras posições da tabela. Do outro, Ney Franco estreia com o objetivo de dar a primeira vitória a sua nova equipe. É neste cenário que Fortaleza e Goiás se encontram neste sábado (12), às 19h (de Brasília), na Arena Castelão, pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Por si só, o jogo reserva um componente especial e ele está justamente no banco de reservas. Vale lembrar que Ceni e Ney Franco dividiram o vestiário do São Paulo Futebol Clube em 2012 como goleiro e treinador, respectivamente. Porém, a partir de um episódio curioso que envolvia uma substituição, passaram a ser “desafetos” declarados. Hoje, os indícios são de arestas aparadas.

Para o confronto deste sábado, o Fortaleza não deve ter mudanças em relação ao time que empatou com o Londrina, na última rodada. A única ausência segue sendo do lateral-direito Tinga, que não se recuperou de lesão. A tendência é que Rogério Ceni mantenha Pablo entre os titulares, mas Felipe, que entrou no decorrer do jogo contra o Tubarão, também briga pela vaga.

Disputa por vagas é uma das coisas que o Fortaleza quer ter ao longo da competição nacional e para isso a diretoria trabalha pela contratação de reforços. Desde o início da Série B, o Leão perdeu seis jogadores, o mais recente deles Alípio, que foi para o CRB. Para repor, Minho foi anunciado por empréstimo, mas ainda não fica à disposição de Ceni neste sábado.

Um dos pilares do elenco, o goleiro Marcelo Boeck foi quem deu a ordem para que o time não entrasse em campo pensando na diferença de pontos que separa as duas equipes. “O Goiás tem uma equipe forte, competitiva, experiente e é sempre um adversário perigoso. Não podemos vacilar. Temos que manter a mesma intensidade das quatro primeiras rodadas para voltarmos a vencer em casa”, disse o arqueiro.

Se no Fortaleza a situação na tabela traz confiança e tranquilidade para o ambiente, o mesmo não pode ser dito do Goiás e basta olhar para a tabela de classificação. Com apenas um ponto em quatro jogos, a diretoria optou pela mudança do comando técnico e Ney Franco foi contratado a fim de trazer triunfos. Em seu primeiro contato com a torcida, o novo comandante vê o elenco qualificado.

“Vejo uma perspectiva enorme de o Goiás voltar a disputar a Série A. Acho muito importante a gente se juntar, juntar as forças. Estamos mobilizando os jogadores. A diretoria está dando todas as condições para a gente desenvolver nosso trabalho”, disse.

Para sua primeira partida, Ney Franco deve ter reforços. Suspenso na Copa do Brasil, o volante Madson deve voltar ao time titular, assim como o meia Giovanni, recuperado de um desgaste físico, e o zagueiro Raphael Silva, liberado para acompanhar o nascimento da filha. Outro possível reforço é o do meia Renato Cajá, regularizado.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA X GOIÁS

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)

Data: Sábado, 12 de maio de 2018

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR)

Assistentes: Pedro Martinelli Christino (PR) e Luiz H Souza Santos Renesto

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Pablo (Felipe), Diego Jussani, Ligger e Bruno Melo; Jean Patrick, Derley, Dodo, Edinho e Osvaldo; Gustavo

Técnico: Rogério Ceni

GOIÁS: Marcelo Rangel; Alex Silva (André Krobel), David Duarte, Raphael Silva e Breno (Jefferson); Madison (Gilberto), Giovanni, Maranhão; Carlos Eduardo, Jacó e Rafinha (Renato Cajá)

Técnico: Ney Franco

Gazeta Esportiva

Recomendadas para você

Comentários