PUBLICIDADE
Esportes

Fortaleza pode ter quatro desfalques para a estreia na Série B

18:44 | 11/04/2018
NULL
NULL

[FOTO1] A exemplo do que aconteceu na decisão no Campeonato Cearense, o técnico Rogério Ceni não poderá escalar força máxima para a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro. Quatro jogadores considerados titulares do time ainda tratam contusão e devem ficar de fora do duelo contra o Guarani-SP, nesta sexta-feira (13) as 19h15min, na Arena Castelão. Ainda estão longe de suas condições ideias o goleiro Marcelo Boeck, o zagueiro Roger Carvalho, o lateral-esquerdo Leonan e o volante Anderson Uchôa.

Dos quatro, dois ainda tem chances retomas de entrar em campo: Boeck e Leonan, que estão em fase de transição - quando o jogador deixa o Departamento Médico (DM) e inicia os trabalhos no Departamento Físico para voltar a treinar com o restante do elenco. Já Roger e Leonan ainda estão em tratamento no DM. O zagueiro se recupera de um lesão no calcanhar direito. Anderson Uchôa, por sua vez, trata uma fascite plantar. Nenhum dos quatro jogadores esteve em campo no jogo contra o Ceará, no último domingo, pelo Estadual.

A definição dos substitutos e dos 11 titulares para o jogo contra o Guarani segue uma incógnita. Nesta quarta-feira (11), Ceni comandou um treino fechado, sem a presença da torcida, no CT Ribamar Bezerra, em Maracanaú. Com privacidade, o treinador treinou jogadas ensaiadas e variações táticas para a estreia na Série B. Uma das novidades que podem pintar no time é o meia-atacante Dodô, que chegou ao clube esta semana, vindo do Botafogo-SP. Ele pode ganhar uma vaga no meio-campo. Já o ataque deve, mais uma vez, contar com a dupla Osvaldo e Gustavo.

 

REFORÇOS

Até aqui, a diretoria tricolor fechou com 4 reforços para a Série B: o lateral-esquerdo Fabinho, ex-Maranguape, o volante Wallace, ex-Floresta, Dodô e o atacante Wilson, ex-Sport e ex-Corinthians. O atacante Juninho, de 19 anos, do Sport, que estava sendo especulado como contratação do Leão, teve o seu nome descartado no clube. "O jogador foi oferecido, mas não interessa pra gente. Queremos um jogador mais experiente para a posição", garantiu o executivo de futebol do Fortaleza, Sérgio Papellin, em entrevista ao O POVO.

TAGS