PUBLICIDADE
Esportes

Presidente admite queda de rendimento do Fortaleza na reta do final do Cearense

O Fortaleza caiu de produção na segunda fase do Campeonato Cearense. Na última semana, a equipe de Rogério Ceni foi derrotada pelo Floresta e perdeu a liderança do estadual, deixando os torcedores e os próprios jogadores descontentes com o desempenho. Porém, o presidente do Tricolor, Marcelo Paz, vê a oscilação como normal e valoriza a grande [?]

18:00 | 19/03/2018

O Fortaleza caiu de produção na segunda fase do Campeonato Cearense. Na última semana, a equipe de Rogério Ceni foi derrotada pelo Floresta e perdeu a liderança do estadual, deixando os torcedores e os próprios jogadores descontentes com o desempenho. Porém, o presidente do Tricolor, Marcelo Paz, vê a oscilação como normal e valoriza a grande campanha nas duas fases da competição.

?Houve uma queda. Diante do Uniclinic já não fomos tão bem, contra o Floresta perdemos o jogo. Reconhecemos que houve uma queda de produção, mas algo que acontece com qualquer equipe. Temos 13 vitórias em nove jogos, é um retrospecto muito bom. O time liderou praticamente todo campeonato?, declarou Paz.

Para o cartola, a equipe deve se fechar para deixar esse momento de oscilação para trás. ?Não podemos deixar que fantasmas entrem no Pici. Na hora que se perde uma partida, são criadas mil teorias e muitas delas não são verdadeiras. O que acontece é que o time não foi bem, e todo mundo sabe. Direção, jogadores e comissão técnica sabem disso. E o discurso interno é de voltar a produzir um bom futebol, voltar a vencer.

Na terceira colocação da segunda fase do Cearense, o Fortaleza busca se reencontrar com a vitória diante do Ferroviário, na próxima quinta-feira, às 21h, no Castelão.

Gazeta Esportiva

TAGS