PUBLICIDADE
Esportes

Técnico do Fortaleza, Ceni homenageia Lugano, que se despediu do São Paulo

20:45 | 03/12/2017
NULL
NULL

[FOTO1] Entre tantas homenagens que têm recebido nos últimos dias, Lugano foi lembrado também por Rogério Ceni, técnico do Fortaleza, na tarde desse domingo, depois de se despedir do São Paulo como atleta diante de um empate por 1 a 1 com o Bahia no Morumbi. Em uma rede social, o ex-goleiro postou a foto de seu próprio jogo de despedida, quando deu a braçadeira de capitão ao zagueiro uruguaio e escreveu: “Obrigado, Lugano. Agradeço de coração ter dividido as maiores alegrias da minha vida pelos gramados do mundo contigo. A entidade SPFC, a sua torcida e seus companheiros jamais esquecerão a garra, a luta, a dedicação e suas conquistas. Gracias Dios. ‘Quem vence sem riscos triunfa sem glórias’”.

Após conceder uma emocionante entrevista coletiva no Morumbi, Lugano foi avisado por um jornalista sobre a homenagem de Rogério Ceni e quis ler na hora do que se tratava. Em seguida, Lugano explicou a frase final do amigo em seu post. “Era uma frase que ele utilizava muito como jogador e agora usa como técnico. É uma verdade. Ele era assim. Era um cara assim como atleta e que agora cobra isso como treinador”, contou, já sem os microfones.

“Rogério é um cara diferente. A verdade é que aquele nosso time (em 2005 e 2006) era muito bom, tinham muitos jogadores bons, mas todo time vencedor tem um destaque. E era ele. Era o goleiro e fazia a diferença”, explicou o uruguaio de 37 anos.

 


Gazeta Esportiva

TAGS