PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
EM CASA

Fortaleza bate o Salgueiro no Castelão e engata a 2ª vitória seguida na Série C do Brasileiro

18:53 | 29/07/2017
Lúcio Flávio de braços abertos, comemorando o gol
Lúcio Flávio marcou o gol da vitória do Tricolor. Fotos: Stephan Eliert
No retorno ao Castelão, o Fortaleza voltou a vencer diante da torcida e precisou de menos de um minuto para decidir o jogo. O Tricolor não teve grandes problemas durante a partida, já que o Salgueiro só ensaiou pressão após o Leão ficar com dez em campo. No fim, triunfo por 1x0 na tarde deste sábado (29).

Tinha torcedor ainda procurando o melhor lugar para sentar quando o Fortaleza abriu o placar. Aos 50 segundos de jogo, Lúcio Flávio aproveitou sobra de bola quase na pequena área, após cobrança de falta, e acertou um voleio.

Não houve comemoração do time, no entanto. O atacante caíra sobre o ombro esquerdo, o mesmo do qual se recuperou de lesão recentemente - ainda usa proteção, inclusive - e ficou estático no chão, sentindo dores. O artilheiro do Leão na temporada, com 12 gols, entretanto, voltou para o jogo após atendimento.

Apesar de marcar cedo, o Fortaleza não manteve pressão durante muito tempo e apesar de controlar o jogo durante os primeiros 45 minutos, deixou a desejar na parte ofensiva. Pablo, em jogada individual, e Everton, aproveitando passe de Lúcio Flávio, foram os únicos a ter chances reais de ampliar. Desconcentrado, o Salgueiro pouco produziu.
Tricolor foi melhor no 1º tempo e caiu de produção na etapa final

Acertado na segunda etapa, o time pernambucano quis mudar de postura e incomodar, mas quase sofre o segundo, em cabeçada de Paulo Sérgio, novamente cedo, aos minutos. Pouco tempo depois foi a vez de Lúcio Flávio chegar um segundo atrasado para desviar o cruzamento de Bruno Melo, o que comprometeu a finalização.

O técnico do Fortaleza, Paulo Bonamigo, sentiu a necessidade de converter a superioridade em campo em gols e mudou a formação para jogar com três atacantes, lançando Vinícius Pacheco e Hiago, mas teve que conter o ímpeto quando Wellington Reis foi expulso.

O Carcará até tentou pressionar com bolas paradas, mas Marcelo Boeck não fez nenhuma defesa com grau de dificuldade alto durante todo o jogo.

O placar magro foi suficiente para levar o Leão à liderança do grupo A, com  21 pontos. O Tricolor só pode ser destronado pelo CSA, se o alagoano vencer o Botafogo da Paraíba, no Rei Pelé.

O Fortaleza volta a campo no próximo sábado (dia 5) para enfrentar o ASA, em jogo marcado para o estádio Coracy da Mata Fonseca, em Arapiraca-AL, as 20h. 

BRENNO REBOUçAS

Recomendadas para você

Comentários