PUBLICIDADE
Esportes

Bonamigo pede atenção dos jogadores para o jogo contra o Botafogo

O adversário do Leão nesta sexta-feira, 21, está em fase semelhante a do Tricolor

13:54 | 20/07/2017
NULL
NULL
[FOTO1] O Fortaleza já está em solo paraibano para enfrentar o Botafogo/PB, nesta sexta-feira, 21, às 21h, no Estádio Almeidão. Mesmo estando há quatro partidas sem vencer na Série C do Campeonato Brasileiro, o Leão ainda permanece no G4 do Grupo A, mas além de observar o CSA se isolando na 1ª colocação com 19 pontos, vê seus adversários se aproximando cada vez mais.
 
Nesta sexta, o adversário do Leão está em situação semelhante na competição. O Belo vem de três derrotas consecutivas e também está pressionado por conta dos maus resultados. A pressão sobre o mandante pode ser um dos caminhos para a vitória Tricolor.
 
O treinador do Leão, Paulo Bonamigo, acredita na vitória do seu time. Ele pregou respeito ao adversário e pediu atenção para seus comandados. "O time precisa ter uma postura correta, determinada e persistente, independentemente das adversidades", afirmou o treinador.
 
Por conta dos maus resultados, o comandante, também convive com a desconfiança do torcedor. O confronto contra o Botafogo pode definir sua permanência a frente do clube. Por conta da proximidade entre os times na competição, Bonamigo trata a partida como uma decisão.
 
"O jogo terá um espírito de decisão, assim como foi contra o Remo. A competição está muito nivelada. O último colocado hoje está a seis pontos do G4. O jogo se torna importante, pois os dois times estão entre os quatro primeiros", explicou.  
 
Retorno
 
O artilheiro do Fortaleza na Série C, Lúcio Flávio está liberado pelo departamento médico e fica à disposição de Bonamigo. Paulo Sérgio, que estreou na equipe contra o Remo, marcou o único gol do Leão na partida.
 
O treinador trabalhou duas formações para o duelo contra o Botafogo para que, além do entrosamento, os jogadores possam atuar em suas posições de origem, para dar maior rendimento.
 
"Treinamos duas possibilidades para a partida. Fizemos isso para que nenhum atleta atue em um setor que não se sente confortável. Assim, podemos tirar o máximo de cada um deles", ponderou Bonamigo.

TAGS