Gum comete gafe e elogia árbitro de vídeo inexistente no BrasileirãoFutebol | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Gum comete gafe e elogia árbitro de vídeo inexistente no Brasileirão

O zagueiro Gum, autor do gol da vitória do Fluminense sobre o Corinthians, nesta quarta-feira, no Maracanã, protagonizou uma verdadeira gafe após a partida. Ao conceder entrevista na beira do campo, o defensor afirmou que o árbitro de vídeo fez a diferença no lance da expulsão de Romero, porém, no Campeonato Brasileiro esse recurso ainda [?]

00:15 | 23/08/2018

O zagueiro Gum, autor do gol da vitória do Fluminense sobre o Corinthians, nesta quarta-feira, no Maracanã, protagonizou uma verdadeira gafe após a partida. Ao conceder entrevista na beira do campo, o defensor afirmou que o árbitro de vídeo fez a diferença no lance da expulsão de Romero, porém, no Campeonato Brasileiro esse recurso ainda não está disponível, somente na Copa do Brasil.

?Parabenizar o árbitro pela partida, lance decisivo, muito clara a expulsão. Por mais que os jogadores do Corinthians tentaram falar que não foi, a marca é visível no rosto do Digão, ele tomou a cotovelada. Parabenizar pelo árbitro de vídeo, porque hoje ajudou muito, lance decisivo na partida, expulsão correta. Se não tem árbitro de vídeo, poderia complicar um pouquinho na interpretação do árbitro?, afirmou Gum à TV Globo.

Ao ser corrigido pelo repórter e se certificar que no Brasileirão o árbitro não conta com o auxílio da tecnologia, Gum refez sua declaração, mas continuou pregando que o VAR (sigla em inglês para árbitro de vídeo) precisa ser implementado de forma mais ampla no futebol brasileiro para evitar novos erros crassos cometidos pelos juízes.

?Esse lance decisivo, como [o árbitro de vídeo] já tem na Copa do Brasil e terá no Campeonato Brasileiro, vai ajudar muito a arbitragem. Graças a Deus, o árbitro foi muito bem hoje, não prejudicou o Corinthians, nem o Fluminense. Esse árbitro de vídeo vai ajudar, porque os auxiliares ajudaram ele, acho que ele não tinha convicção. Esses erros que definem campeonato vão acabar um pouquinho?, garantiu Gum.

Enquanto o árbitro de vídeo não é implementado no Campeonato Brasileiro, o Fluminense tenta reagir e brigar pelas posições da parte de cima da tabela. Com a vitória sobre o Corinthians, o Tricolor carioca se aproximou do próprio Timão e também do Cruzeiro. Agora, a missão do elenco comandado pelo técnico Marcelo Oliveira terá a missão de manter a toada justamente contra o Cruzeiro, no próximo sábado, às 21h (de Brasília), no Mineirão.

Gazeta Esportiva

TAGS