PUBLICIDADE
Esportes

Apesar de empate no fim, Fluminense não comemora resultado

Mesmo tendo arrancado o gol de empate aos 45 minutos do segundo tempo, os jogadores do Fluminense não comemoraram o 1 a 1 com o Vasco na noite desta quinta-feira, em São Januário, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Isso porque eles entendem que poderiam ter deixado o gramado com a vitória. O culpado, segundo [?]

00:45 | 20/07/2018

Mesmo tendo arrancado o gol de empate aos 45 minutos do segundo tempo, os jogadores do Fluminense não comemoraram o 1 a 1 com o Vasco na noite desta quinta-feira, em São Januário, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Isso porque eles entendem que poderiam ter deixado o gramado com a vitória. O culpado, segundo o elenco tricolor, foi o goleiro uruguaio Martín Silva, que fez pelo menos duas grandes defesas.

Os dois lances foram no segundo tempo. Aos 22 minutso Sornoza cobrou falta, Gum desviou e Digão cabeceou para Martín Silva operar um verdadeiro milagre, salvando com os pés. Um pouco antes do gol de empate, Ayrton Lucas cruzou, Pedro cabeceou na pequena área e o goleiro deu rebote, que Pablo Dyego aproveitou para mandar na trave.

?O gol poderia ter saído neste lance, mas acabou não acontecendo e saiu logo depois. Um exemplo de que poderíamos ter vencido?, disse Pedro, autor do gol de empate.

O zagueiro Gum foi mais firme nas palavras.

?Hoje não podemos comemorar o empate pelo que produzimos, com o goleiro do Vasco fazendo pelo menos dois milagres?, afirmou Gum.

O Fluminense volta a jogar no domingo, contra o Sport, em Pernambuco, porém, sem o volante Jadson, que cumpre suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo contra o Vasco. O substituto começa a ser definido nesta sexta-feira, quando o elenco tricolor volta aos trabalhos na parte da tarde.

Gazeta Esportiva

TAGS