PUBLICIDADE
Fluminense

Fluminense destaca importância de ganhar clássico contra o Vasco

Líder da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, com nove pontos e cem por cento de aproveitamento. Isso, na visão dos torcedores, deixa o tricolor mais tranquilo para o clássico desta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), diante do Vasco, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela quarta rodada. Porém, na visão […]

13:15 | 05/03/2018

Líder da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, com nove pontos e cem por cento de aproveitamento. Isso, na visão dos torcedores, deixa o tricolor mais tranquilo para o clássico desta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), diante do Vasco, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela quarta rodada. Porém, na visão dos atletas tricolores, não dá para imaginar situação de tranquilidade em uma competição de tiro curto.

“A nossa expectativa é a de um jogo muito equilibrado, decidido nos detalhes. O Vasco vem forte e precisando do resultado. Para o Fluminense, é uma boa possibilidade de nos aproximarmos da classificação. Fica a certeza de que será fundamental trabalhar bem os noventa minutos”, disse o atacante Pedro.

O lateral-direito Léo, que fez a sua estreia nos minutos finais do triunfo de 2 a 1 sobre o Volta Redonda, segue a mesma linha de raciocínio. “O Vasco vai exigir muito da nossa equipe, pois precisa demais do resultado. O Fluminense conseguiu ganhar todos os jogos da Taça Rio até aqui, mas isso não nos garantiu ainda um lugar nas semifinais. A entrega vai precisar ser grande em campo. Um tropeço pode complicar a nossa vida dentro da competição, que é de tiro curto. Vamos trabalhar forte para deixarmos mais uma vez o gramado com os três pontos”, reforçou Léo.

O elenco do Fluminense participou de um trabalho regenerativo nesta segunda-feira. Por isso, somente no trabalho programado para a manhã desta terça-feira será possível prever a escalação que vai a campo. O atacante Marcos Júnior, com desgaste muscular, deve se recuperar a tempo e reaparecer entre os titulares.

Fora de campo, a diretoria do Fluminense intensificou as negociações para tentar contar com o atacante Diego Aguirre, uruguaio que tem 23 anos e os direitos federativos ligados à Udinese, da Itália. O clube italiano não tem interesse em contar com o jogador, que, no ano passado, por empréstimo, defendeu as cores do Nacional do Uruguai. O jogador conta com o aval do técnico Abel Braga, que vem pedindo nomes de mais expressão para dar peso ao elenco, formado em sua maior parte por promessas e jovens revelados nas categorias de base do tricolor. Novidades devem acontecer até o fim da semana.

Gazeta Esportiva