PUBLICIDADE
Esportes

Abel Braga lamenta falta de poder ofensivo do Fluminense

O técnico Abel Braga manteve a tranquilidade após a derrota para o Avaí, que causou a eliminação do Fluminense da Copa do Brasil, na noite desta quinta-feira. Na entrevista coletiva, o treinador tricolor disse que sua equipe não realizou uma grande partida, mas que merecia ter vencido no primeiro tempo. ?A gente não ter saído [?]

00:30 | 16/03/2018

O técnico Abel Braga manteve a tranquilidade após a derrota para o Avaí, que causou a eliminação do Fluminense da Copa do Brasil, na noite desta quinta-feira. Na entrevista coletiva, o treinador tricolor disse que sua equipe não realizou uma grande partida, mas que merecia ter vencido no primeiro tempo.

?A gente não ter saído com vantagem na etapa inicial foi uma injustiça?, declarou. Abel lamentou a ausência de jogadores com características ofensivas para colocar ao lado de Pedro, que acabou ficando muito isolado na frente.

?No meu time, alguns jogadores não têm a característica de entrar na área. Fica muito difícil para o Pedro, obrigado a se virar sozinho?, acrescentou.

O treinador explicou que tentou aproveitar a expulsão de um adversário para tentar mudar a forma da equipe jogar, mas Dudu também foi recebeu cartão vermelho e estragou seus planos. Mesmo assim, o técnico fez questão de defender seu jogador.

?Dudu não foi imaturo, nem teve maldade na jogada. O árbitro é que foi muito rigoroso?, avaliou. O técnico do Fluminense também se queixou da não marcação de um pênalti que teria sido cometido pelo goleiro Aranha sobre o atacante Pedro, no segundo tempo.

Sobre o futuro, Abel disse que o clube vai seguir o caminho traçado por suas possibilidades financeiras, mas entende que o grupo precisa ser reforçado porque conta com muitos jogadores inexperientes. ?Não podemos ficar lamentando por ter caído para um time da Série B. Eles já passaram pela A, mas é evidente que precisamos melhorar?, encerrou.

Gazeta Esportiva

TAGS