PUBLICIDADE
Esportes

Futuro de Abel Braga no Fluminense será definido esta semana

Já sem pretensões no Campeonato Brasileiro, o Fluminense já começa a pensar na próxima temporada. Umas das prioridades da diretoria tricolores é a manutenção do técnico Abel Braga. O próprio comandante minimizou a especulação sobre sua saída e destacou que deve seguir nas Laranjeiras em 2018. ?Não tem que ter especulação. Não falei que quero [?]

12:30 | 27/11/2017

Já sem pretensões no Campeonato Brasileiro, o Fluminense já começa a pensar na próxima temporada. Umas das prioridades da diretoria tricolores é a manutenção do técnico Abel Braga. O próprio comandante minimizou a especulação sobre sua saída e destacou que deve seguir nas Laranjeiras em 2018.

?Não tem que ter especulação. Não falei que quero sair e o presidente não disse que quer que eu vá. Temos que ter certeza pelo menos daquilo que vamos sonhar para o ano que vem. Os objetivos estão nos sonhos e não se conquistam com sorte. São conquistados com muito trabalho e entrega. Tudo isso é motivo de análise. Meu desejo é ficar. Nessa semana agora vamos definimos tudo. Quero ser o segundo treinador que mais vezes treinou o Fluminense. Será uma grande conquista para mim?, disse o treinador.

Durante a derrota para o Sport, Abel Braga recebeu o apoio da torcida, que pediu sua permanência, mesmo com a temporada abaixo das expectativas. O treinador afirmou que o carinho dos tricolores é mais uma razão para querer seguir no clube e revelou que recebeu uma proposta do exterior durante o ano.

?Claro que levo em consideração se há esse apoio da torcida nas redes sociais com minha equipe onde está. Tenho contrato em vigor. Nunca rompi contrato. Essas especulações todas que aconteceram, a mim não chegou nada. Quando chegou proposta da Europa, chamei o presidente e falei com ele. Me balançou, mas falei que não ia sair?, declarou Abel Braga.

Por fim, o comandante falou sobre o que espera do Fluminense para a próxima temporada. ?Quero, para o ano que vem, uma equipe que seja mais competitiva. Até que jogue menos, mas que seja mais pesada em campo, que duele mais?, finalizou.

 

Gazeta Esportiva

TAGS