PUBLICIDADE
Esportes

Dourado cita dificuldade da equipe do Flu nas bolas paradas

O Fluminense esteve perto de mais uma vitória no Campeonato Brasileiro, mas só empatou com o Coritiba, nesta quinta-feira, no Maracanã. Autor do segundo gol tricolor, o atacante Henrique Dourado admitiu que a equipe não fez uma bom primeiro tempo e segue com problemas contra as bolas paradas dos adversários. ?Iniciamos o jogo mais uma [?]

22:30 | 09/11/2017

O Fluminense esteve perto de mais uma vitória no Campeonato Brasileiro, mas só empatou com o Coritiba, nesta quinta-feira, no Maracanã. Autor do segundo gol tricolor, o atacante Henrique Dourado admitiu que a equipe não fez uma bom primeiro tempo e segue com problemas contra as bolas paradas dos adversários.

?Iniciamos o jogo mais uma vez no placar. No segundo tempo acertamos, com mais objetividade e criamos mais dificuldade ao Coritiba. Só que levamos mais um gol de bola parada, que é algo que tem nos incomodado muito na temporada. Mas, com esse empate, conseguimos segurar o Coritiba atrás da gente na briga na parte de baixo da tabela?, disse.

Já o goleiro Diego Cavalieri minimizou a dificuldade da equipe nas bolas paradas e destacou que esta é uma qualidade do Coritiba.

?A bola parada é uma arma de todas as equipes hoje em dia. O Coritiba é muito bom neste sentido, só você ver como foi o jogo contra o Avaí. É um ponte forte deles?, declarou.

Com 43 pontos, o Fluminense termina a rodada na 12ª posição. Os tricolores ainda sonham com a classificação para a Libertadores, mas também continuam com risco de rebaixamento. Os tricolores voltam a campo neste domingo, contra o Cruzeiro, no Mineirão.

Gazeta Esportiva

TAGS