PUBLICIDADE
Esportes

Fluminense tenta afastar pressão para avançar na Sul-Americana

Há três jogos sem vencer na temporada, o Fluminense viu um empate por 1 a 1 com o Bahia no fim de semana fazer o ?fantasma? do rebaixamento aparecer novamente no Campeonato Brasileiro. Só que o momento é o de virar a chave e pensar apenas no clássico diante do Flamengo, nesta quarta-feira, às 21h45(de [?]

13:00 | 30/10/2017

Há três jogos sem vencer na temporada, o Fluminense viu um empate por 1 a 1 com o Bahia no fim de semana fazer o ?fantasma? do rebaixamento aparecer novamente no Campeonato Brasileiro. Só que o momento é o de virar a chave e pensar apenas no clássico diante do Flamengo, nesta quarta-feira, às 21h45(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela partida de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana.

Como perdeu por 1 a 0 na ida, o Fluminense precisa devolver o marcador para forçar a disputa de pênaltis ou ganhar por qualquer outro marcador para avançar, uma vez que o Flamengo é mandante agora e os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate.

?Temos que ir a campo com o pensamento de fazermos um bom jogo e garantirmos o melhor resultado positivo, mas sem afobação. Qualquer vitória nos dá a classificação e por isso mesmo temos noventa minutos para construirmos o resultado que precisamos. O Fluminense sabe que este grupo pode render mais do que rendeu no fim de semana, por exemplo, então vamos confiante, mesmo respeitando o Flamengo?, disse o goleiro Diego Cavalieri.

O técnico Abel Braga tem procurado jogar um pouco do favoritismo para o rival.?O Flamengo tem uma grande equipe, teve vinte e quatro horas a mais para se preparar e fez a vantagem no jogo de ida. Portanto, logicamente que carregam isso para o jogo da volta. Mas vamos a campo pensando em dar o nosso melhor e ganhar o jogo, o que nos daria a classificação. Portanto, vamos encarar o desafio com a tranquilidade que o momento pede e sabendo do que precisamos fazer?, disse Abel.

O time para este compromisso só deverá ser anunciado minutos antes do confronto, uma vez que a segunda-feira foi apenas de trabalho regenerativo no clube. Porém, a única mudança em relação ao duelo do fim de semana contra o Bahia será a entrada do zagueiro Renato Chaves no posto de Gum, que não foi inscrito na Copa Sul-Americana. Assim, o Tricolor deverá atuar com: Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Reginaldo e Marlon; Richard, Wendel, Junior Sornoza e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior e Henrique Dourado. Após o treino desta terça-feira começa o período de concentração para o clássico.

Gazeta Esportiva

TAGS