Participamos do

Flamengo oficializa a contratação do português Paulo Sousa; conheça a carreira do treinador

O ex-técnico da seleção polonesa chega ao Rubro-Negro para comandar a equipe na temporada de 2022
17:13 | Dez. 29, 2021
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Sem treinador desde a saída de Renato Gaúcho após a derrota na final da Copa Libertadores para o Palmeiras, o Flamengo oficializou, nesta quarta-feira, 29, quem irá comandar a equipe na próxima temporada: o português Paulo Sousa, de 51 anos e ex-técnico da seleção polonesa.

Quem é Paulo Sousa?

Antes de iniciar a trajetória como treinador, Paulo Sousa teve uma carreira de sucesso como jogador profissional. Meio-campista, passou por clubes como Benfica-POR, Sporting-POR, Juventus-ITA e Borussia Dortmund-ALE. Nestes dois últimos times, inclusive, conquistou o título da Liga dos Campeões, em 1996 e 1997 — além do título mundial de clubes sobre o Cruzeiro-MG —, respectivamente.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Peça importante da seleção portuguesa, também atuou no Inter de Milão-ITA — onde foi companheiro de Ronaldo Fenômeno —, Parma-ITA e no Espanyol-ESP, onde encerrou a carreira como atleta em 2002. Após três anos, em 2005, Paulo Sousa começou os trabalhos como treinador comandando a seleção sub-16 de Portugal, assim como a sub-17, sub-18 e sub-19.

Um fato curioso é que Paulo Sousa foi o auxiliar técnico do brasileiro Luiz Felipe Scolari na seleção portuguesa em 2006, quando participou da disputa da Copa do Mundo, realizada na Alemanha. Esta experiência abriu portas para o comandante em 2008, que ganhou oportunidade na segunda divisão da Inglaterra, com passagens pelo Park Rangers, Swansea e Leicester.

O português seguiu carreira no Videoton FC, da Hungria, equipe pela qual venceu os primeiros títulos. Também passou pelo Maccabi Tel Aviv, de Israel, onde conquistou o campeonato nacional, assim como no Basel, da Suíça. Antes de se tornar treinador da Polônia, teve passagens pela Fiorentina-ITA, Tianjin Tianhai-CHI e Bordeaux-FRA.

Em janeiro de 2021, Paulo Sousa foi convidado para assumir a seleção polonesa com a Eurocopa como principal competição do ano. Apesar de ter Robert Lewandowski como principal estrela, a campanha foi frustrante. No grupo E, composto por Espanha, Eslováquia e Suécia, a Polônia não venceu nenhum confronto e amargou a lanterna da chave. Para se classificar à Copa do Mundo de 2022, a Polônia terá de disputar a repescagem.

Estilo de jogo

O esquema preferido de Paulo Sousa é o 4-2-3-1, com quatro defensores, cinco homens no meio-campo e um atacante de referência. O sistema é um dos mais populares atualmente no futebol pela flexibilidade de variações táticas que se pode utilizar nas partidas e também pela facilidade de adaptação dos jogadores.

Sobre a postura dentro de campo, Paulo Sousa é adepto do estilo intenso, ofensivo e dominante. Em entrevista ao site Tribuna Expresso, de Portugal, o treinador explicou sobre como gosta que suas equipes se portem.

"Gosto de ver as minhas equipes expressando todo o seu conteúdo romântico ou poético, individual e coletivo, de forma a que tenham domínio sobre o adversário e esse domínio tem muito a ver, no meu ponto de vista, com espaço e com tempo. Requer, sem dúvida, uma inteligência tática importante. É estar o maior tempo possível no meio-campo adversário e que, através da identidade comum e do dinamismo coletivo, a expressão individual possa fazer diferença no último terço do campo, porque o expoente máximo do futebol é o gol. Então, é também a capacidade de produzir inúmeras ocasiões de gol para entusiasmar quem joga e, sobretudo, quem vai ao estádio”.

Números de Paulo Sousa como treinador:

  • Jogos: 442 
  • Vitórias: 205
  • Empates: 113
  • Derrotas: 124

Título de Paulo Sousa como treinador:

  • (1) Campeonato Suíço – Basel (14/15)
  • (1) Campeonato Israelense – Maccabi (13/14)
  • (1) Taça da Liga da Hungria – Videoton (11/12)
  • (2) Supertaça da Hungria – Videoton (11/12)

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags