PUBLICIDADE
Esportes

Flamengo e Portuguesa duelam de olho nas semifinais da Taça Rio

Em um duelo entre dois times que lutam por um lugar nas semifinais da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, Flamengo e Portuguesa se enfrentam neste domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo, pela última rodada da fase de grupos. Com nove pontos ganhos, o Rubro-Negro está [?]

08:45 | 18/03/2018

Em um duelo entre dois times que lutam por um lugar nas semifinais da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, Flamengo e Portuguesa se enfrentam neste domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo, pela última rodada da fase de grupos. Com nove pontos ganhos, o Rubro-Negro está na segunda posição do Grupo B e vai avançar em caso de uma simples vitória. Mas, se tropeçar, precisa torcer para que a Cabofriense, outra equipe com nove pontos e que encara o Fluminense no mesmo horário, não ganhe.

Já a Portuguesa, divide a segunda colocação do Grupo C com o Botafogo, ambos com 10 pontos, mas a Lusa leva vantagem nos critérios de desempate e vai se classificar em caso de triunfo. Se tropeçar, ?seca? o Glorioso, que faz o clássico da rodada com o Vasco.

?Vai ser um jogo intenso, pois os dois times brigam pela classificação e precisam do resultado. O Flamengo vai precisar fazer um grande jogo e tenho convicção de que podemos conseguir?, disse o técnico Paulo César Carpegiani, que viu que o ambiente da equipe mudar completamente após o triunfo por 2 a 1 sobre o Emelec do Equador, fora de casa, que rendeu a liderança do Grupo D da Copa Libertadores.

A boa campanha da Portuguesa está deixando o Flamengo em alerta.

?A Portuguesa montou um time competitivo para esta temporada, com bons jogadores e todos muito determinados. Nenhum time conquista a pontuação que eles ganharam no segundo turno se não estiverem em condições de brigar pela classificação. Venceram jogos complicados e vão dar a vida em campo contra o Flamengo, pois podem fazer história. A nossa equipe vai precisar saber lidar muito bem com esta situação, jogando de maneira determinada e inteligente. A Portuguesa vai querer buscar o nosso erro e temos que atuar sem dar essa oportunidade para eles?, afirmou o zagueiro Rhodolfo.

Para este compromisso o Flamengo não poderá contar mais uma vez com o zagueiro Réver, vetado com um edema ósseo no tornozelo direito. Como Léo Duarte foi expulso na derrota de 1 a 0 para o Macaé e cumpre suspensão, Juan vai permanecer ao lado de Rhodolfo na zaga. Suspenso por acúmulo de cartões amarelos, Lucas Paquetá fica de fora. Assim, Carpegiani pode tornar o time ainda mais ofensivo, dando oportunidade a Vinicius Júnior, ou então optar por reforçar a marcação com o colombiano Gustavo Cuéllar, que não jogou as duas primeiras partidas da Libertadores por estar suspenso.

Pelo lado da Portuguesa, que tenta se recuperar da derrota de 2 a 1 para a Cabofriense, a ordem é jogar com personalidade.

?O nosso objetivo era chegar nesta última rodada com a vaga praticamente assegurada, mas isso não foi possível. Temos então uma decisão contra o Flamengo e precisamos jogar com personalidade, como alguém que só pensa na vitória?, disse o técnico João Carlos Ângelo, que vai manter a base que vem atuando.

Pelo regulamento da Taça Rio, nesta etapa os times de um grupo enfrentam os do outro em turno único. Ao fim, os dois melhores colcocados de cada chave se garantem nas semifinais do segundo turno.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO X PORTUGUESA

Local: Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES)

Data: 18 de março de 2018 (Domingo)

Horário: 16h(de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Carvalhães Miranda (RJ)

Assistentes: Thiago Neto Corrêa Farinha (RJ) e Wendel de Paiva Gouvêa (RJ)

FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei, Rhodolfo, Juan e Renê; Jonas, Everton Ribeiro, Diego e Everton; Vinicius Júnior (Gustavo Cuéllar) e Henrique Dourado

Técnico: Paulo César Carpegiani

PORTUGUESA: Milton Raphael, Cássio, Marcão, Luan e Diego Maia; Muniz, Jhonnatan e Maicon Assis; Romarinho, Tiago Amaral e Philip

Técnico: João Carlos Ângelo

Gazeta Esportiva

TAGS