PUBLICIDADE
Cruzeiro
Noticia

Cruzeiro demite Felipe Conceição após eliminação na Copa do Brasil

Depois de revés nos pênaltis para a Juazeirense-BA, treinador de 41 anos deixa o comando da Raposa com 47,3% de aproveitamento

23:09 | 09/06/2021
Técnico Felipe Conceição à beira do campo no jogo Juazeirense x Cruzeiro, pela Copa do Brasil (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
Técnico Felipe Conceição à beira do campo no jogo Juazeirense x Cruzeiro, pela Copa do Brasil (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

Felipe Conceição não é mais técnico do Cruzeiro. Logo após a eliminação do clube para a Juazeirense na terceira fase da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, o presidente Sérgio Santos Rodrigues anunciou a demissão do treinador.

"Tenho que pedir desculpas à torcida do Cruzeiro. É inadmissível que seja eliminado da Copa do Brasil. Claro que existem diversas adversidades, com outras coisa. Temos que corrigir o rumo, no começo, enquanto tem tempo. Conversamos com o Felipe e demos a descontinuidade dele. Agradeço ao Felipe, pelas conversas, mas, infelizmente, a performance não era a esperada", disse o dirigente.

Contratado no fim de janeiro, Conceição comandou o Cruzeiro em 19 partidas, somando oito vitórias, três empates e oito derrotas (aproveitamento de 47,3%). Aos 41, o treinador já passou por Botafogo, Macaé, América-MG, Red Bull Bragantino e Guarani.

Com a eliminação na Copa do Brasil, o Cruzeiro passa a ter foco total na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. A Raposa ainda não pontuou após duas rodadas e está na lanterna da competição. O time mineiro perdeu cinco dos últimos seis jogos que disputou.