Ansioso, Edílson toma remédio para dormir antes da finalCruzeiro Esporte Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Ansioso, Edílson toma remédio para dormir antes da final

A experiência conta para momentos importantes no futebol. No entanto, para a grande final contra o Corinthians, nesta quarta-feira, em São Paulo, até o lateral-direito Edilson, jogador rodado no mundo do futebol, está precisando de um estímulo para dormir. Ele revelou que está ansioso com a partida decisiva e precisa tomar medicamentos para ficar mais [?]

18:15 | 15/10/2018

A experiência conta para momentos importantes no futebol. No entanto, para a grande final contra o Corinthians, nesta quarta-feira, em São Paulo, até o lateral-direito Edilson, jogador rodado no mundo do futebol, está precisando de um estímulo para dormir. Ele revelou que está ansioso com a partida decisiva e precisa tomar medicamentos para ficar mais tranquilo.

?Ontem (domingo) eu comecei a tomar um remédio para poder dormir bem, descansar. Nesses jogos decisivos a gente até esquece das finais antigas, a gente pensa no momento, no agora, como se fosse a primeira final. É uma motivação extra, porque é meu primeiro ano aqui no Cruzeiro. Quero conquistar títulos, marcar história com essa camiseta que é pesada demais. A gente parece criança, quer ganhar de toda forma. Eu sempre digo que o dinheiro nos sustenta, mas o que move a carreira do jogador é título, é a ambição de querer conquistar mais e mais?, destacou.

Edilson ressalta ainda que, apesar da ansiedade, o sono é o único problema e não deixa a situação tomar conta da alimentação por exemplo.

?O sono, sim (a ansiedade atrapalha). A alimentação, hoje em dia, todos os atletas têm um controle muito grande do que come, do que pode comer. Ninguém ia dar brecha para comer algo estranho. O sono a gente não controla, a ansiedade pega mesmo, alguns têm mais facilidade, outros não. O cara fica ligado nos 220. Ontem à noite eu comecei a pensar em momentos decisivos, ver vídeos de como foi. Isso é excepcional no futebol para um profissional que trabalha tanto e sempre almeja chegar a momentos como esse?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS