PUBLICIDADE
Esportes

Larghi parabeniza Cruzeiro e comenta expulsão ?justa? de Otero

O técnico Thiago Larghi passou perto de conquistar seu primeiro titulo como treinador na carreira. A derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, na tarde desse domingo, no Mineirão, porém, adiou a comemoração para uma próxima oportunidade. Após o confronto, o jovem comandante parabenizou o time azul. ?Parabéns para o Cruzeiro! Mereceram. Desde o [?]

09:15 | 09/04/2018

O técnico Thiago Larghi passou perto de conquistar seu primeiro titulo como treinador na carreira. A derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, na tarde desse domingo, no Mineirão, porém, adiou a comemoração para uma próxima oportunidade. Após o confronto, o jovem comandante parabenizou o time azul.

?Parabéns para o Cruzeiro! Mereceram. Desde o início a gente fala, sempre nas vitórias, a questão da evolução. Serve de aprendizado. Temos que melhorar nossa postura. A gente falou em equilíbrio, mas isso não aconteceu. O que importa é que estamos conscientes do que estamos fazendo. Isso é o que mais importa. Ainda temos quase todo o ano pela frente, o trabalho vai melhorar. Não foi a primeira vez, nem vai ser a última. Temos que nos preparar para enfrentarmos essas situações?, destacou.

Thiago Larghi pode comemorar, no entanto, uma vitória particular. O Atlético começou a temporada com o técnico Oswaldo de Oliveira. O péssimo trabalho, no entanto, terminou pela demissão do carioca. Larghi assumiu para ficar alguns jogos, mas vem ganhando a confiança da diretoria e dos torcedores, pois faz do Galo um time melhor.

O treinador salientou que se tivesse o tempo inteiro com igualdade de atletas, já que o Galo perdeu Rômulo Otero aos 20 do segundo tempo, prejudicando bastante o esquema tática, tudo poderia ser diferente.

?Jogamos 70 minutos com um a menos. Seria um jogo difícil, contra um adversário qualificado? Tínhamos feito uma final bem significativa no primeiro jogo, quando eram 11 contra 11. Mas, hoje, essa final só durou 20 minutos. A expulsão foi justa, mas o árbitro poderia ter expulsado o outro jogador também, que levantou o pé no peito do Otero ? comentou o técnico Thiago Larghi, referindo-se ao lateral-direito Edílson?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS
Larghi parabeniza Cruzeiro e comenta expulsão ?justa? de OteroCruzeiro Esporte Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes

Larghi parabeniza Cruzeiro e comenta expulsão ?justa? de Otero

O técnico Thiago Larghi passou perto de conquistar seu primeiro titulo como treinador na carreira. A derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, na tarde desse domingo, no Mineirão, porém, adiou a comemoração para uma próxima oportunidade. Após o confronto, o jovem comandante parabenizou o time azul. ?Parabéns para o Cruzeiro! Mereceram. Desde o [?]

09:15 | 09/04/2018

O técnico Thiago Larghi passou perto de conquistar seu primeiro titulo como treinador na carreira. A derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, na tarde desse domingo, no Mineirão, porém, adiou a comemoração para uma próxima oportunidade. Após o confronto, o jovem comandante parabenizou o time azul.

?Parabéns para o Cruzeiro! Mereceram. Desde o início a gente fala, sempre nas vitórias, a questão da evolução. Serve de aprendizado. Temos que melhorar nossa postura. A gente falou em equilíbrio, mas isso não aconteceu. O que importa é que estamos conscientes do que estamos fazendo. Isso é o que mais importa. Ainda temos quase todo o ano pela frente, o trabalho vai melhorar. Não foi a primeira vez, nem vai ser a última. Temos que nos preparar para enfrentarmos essas situações?, destacou.

Thiago Larghi pode comemorar, no entanto, uma vitória particular. O Atlético começou a temporada com o técnico Oswaldo de Oliveira. O péssimo trabalho, no entanto, terminou pela demissão do carioca. Larghi assumiu para ficar alguns jogos, mas vem ganhando a confiança da diretoria e dos torcedores, pois faz do Galo um time melhor.

O treinador salientou que se tivesse o tempo inteiro com igualdade de atletas, já que o Galo perdeu Rômulo Otero aos 20 do segundo tempo, prejudicando bastante o esquema tática, tudo poderia ser diferente.

?Jogamos 70 minutos com um a menos. Seria um jogo difícil, contra um adversário qualificado? Tínhamos feito uma final bem significativa no primeiro jogo, quando eram 11 contra 11. Mas, hoje, essa final só durou 20 minutos. A expulsão foi justa, mas o árbitro poderia ter expulsado o outro jogador também, que levantou o pé no peito do Otero ? comentou o técnico Thiago Larghi, referindo-se ao lateral-direito Edílson?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS