PUBLICIDADE
Esportes

Mano lamenta derrota e diz que Cruzeiro teve o jogo na mão

O Cruzeiro começou o clássico contra o Atlético, neste domingo, no Mineirão, melhor. A equipe abriu o placar com Thiago Neves, ainda no primeiro tempo, e foi superior durante toda a etapa inicial. Porém, as substituições feitas pelo Galo foram mais efetivas e a virada aconteceu para 3 a 1. Segundo o técnico Mano Menezes, [?]

19:30 | 22/10/2017

O Cruzeiro começou o clássico contra o Atlético, neste domingo, no Mineirão, melhor. A equipe abriu o placar com Thiago Neves, ainda no primeiro tempo, e foi superior durante toda a etapa inicial. Porém, as substituições feitas pelo Galo foram mais efetivas e a virada aconteceu para 3 a 1. Segundo o técnico Mano Menezes, sua equipe teve o jogo nas mãos.

?Tivemos o jogo na nossa mão, tivemos o primeiro tempo com o resultado e tivemos contra-ataques no segundo tempo. Nos desorganizamos, começamos a dar contra-ataques e estávamos mais ansiosos para conseguir fazer gols?, salientou o treinador.

Menezes reconhece que a semana que começa nesta segunda-feira será mais difícil, afinal, perdeu um clássico e terá o Palmeiras, em crescimento, na próxima partida. Além de tudo, o treinador cruzeirense sabe que terá de trabalhar para aliviar o desgaste dos jogadores.

?Certamente alguns jogadores estão mais desgastados. Eu teria que fazer até mais substituições por desgaste. Tirei o Henrique e tomamos o gol do 3 a 1. Se tivesse tomado o 3 a 1 antes certamente não teria tirado Henrique, porque deixou o time mais exposto. Aconteceu. Isso que estamos levando, é uma semana ruim, temos que colocar a cabeça no lugar porque temos o Palmeiras que vem crescendo na competição?, completou.

O Cruzeiro foi batido exatamente pelo mesmo placar do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Mano Menezes, no entanto, evitou pressionar seu grupo e disse que disputa o Brasileirão contra outros 19 concorrentes.

?Embora o torcedor valorize muito o clássico, mas não jogamos o Brasileirão contra o Atlético, jogamos contra 20 equipes, temos que colocar melhor do que 20. Estamos a frente de 15 equipes, isso quer dizer que é um bom Campeonato Brasileiro?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS