Participamos do

Corinthians vence Grêmio e conquista título inédito da Supercopa feminina

O Timão chegou à decisão após passar pelo Real Brasília, por 2 a 0, e pelo arquirrival Palmeiras, que goleou por 3 a 0
19:47 | Fev. 13, 2022
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Corinthians recebeu o Grêmio neste domingo, 13, na Neo Química Arena, pela final da Supercopa do Brasil feminina e conquistou o título inédito. Pelo placar de 1 a 0, as alvinegras levantaram a taça da primeira edição do torneio e receberam os aplausos de pouco mais de 19.500 torcedores.

O Timão chegou à decisão após passar pelo Real Brasília, por 2 a 0, e pelo arquirrival Palmeiras, que goleou por 3 a 0.

A Supercopa foi incluída no calendário da CBF neste ano nos torneios femininos. Com jogos apenas de ida, os oito times escolhidos seguiram o seguinte regulamento: quatro entre os 12 melhores colocados do Campeonato Brasileiro A-1 e os quatro melhores do A-2, limitado a um por estado. Como não houve o preenchimento dessas vagas, as federações melhores ranqueadas tiveram vaga dupla.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo

Dominante a maior parte do tempo, os times saíram zerados na primeira etapa. O Corinthians criava inúmeras chances de gols, mas nenhuma saiu com êxito. O Grêmio, fechado e muito sólido na defesa, aproveitava os erros de passes do adversário, mas não levou perigo ao alvo.

Um dos maiores lances de destaque do alvinegro foi com Yasmin. A lateral cobrou falta na primeira trave, a bola passou por Gabi Zanotti e sobrou limpa para Giovanna Campiolo, porém a zagueira tocou mal de cabeça e mandou para fora.

Gabi Portilho também foi destaque em um cruzamento para Tamires. A meia tentou um chute cruzado, Jheniffer fez o domínio e mandou de bico. Porém, Lorena, grande nome nos primeiros 45 minutos, fez bela defesa.

Na volta dos vestiários, o cenário não mudou. Na segunda etapa, o Corinthians pressionava muito, mas o gol não saía de jeito nenhum. Em um passe de Zanotti, Jaqueline recebeu e tentou surpreender Lorena, que estava adiantada. Porém, a bola passou raspando o travessão e foi para a linha de fundo.

Nos acréscimos, Gabi Zanotti foi a estrela que brilhou. Após cobrança de escanteio, a meia-atacante subiu mais que todas e marcou o gol da vitória alvinegra.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags