PUBLICIDADE
Esportes

Livre da catapora, Manoel pede uma semana para estrear pelo Corinthians

Manoel vestiu a camisa do Corinthians e concedeu sua primeira entrevista coletiva no CT Joaquim Grava na tarde dessa quinta-feira. O zagueiro de 28 anos chega por empréstimo de um ano, com preferência de compra dada ao Timão ao fim do vínculo. ?Fico muito feliz, vim de um ano difícil, de lesões e acabei perdendo [?]

15:30 | 17/01/2019

Manoel vestiu a camisa do Corinthians e concedeu sua primeira entrevista coletiva no CT Joaquim Grava na tarde dessa quinta-feira. O zagueiro de 28 anos chega por empréstimo de um ano, com preferência de compra dada ao Timão ao fim do vínculo.

?Fico muito feliz, vim de um ano difícil, de lesões e acabei perdendo espaço, é normal. Mas agora estou muito motivado, feliz com a oportunidade de jogar bem e fazer o que gosto com amor e carinho?, afirmou o defensor, justificando o fato de ter encerrado 2018 como quarta opção da defesa cruzeirense.

No Corinthians, Manoel chega com a ideia de ser titular. A camisa 4, inclusive, ficou reservado para o atleta. Agora, Manoel espera corresponder às expectativas, mas, precisa de ao menos uma semana para ficar à disposição.

?Eu estava treinando lá, mas infelizmente acabei pegando uma catapora (há 15 dias). Estou recuperado, voltei a treinar aqui. Acho que em uma semana estarei preparado?, avisou.

Também pela primeira vez, Manoel falou sobre a polêmica do auxílio-moradia. Após publicações de que o jogador teria pedido R$ 50 mil mensais para pagar um aluguel em São Paulo, empresário e clube negaram a informação. Nessa quinta, foi a vez de Manoel dar sua versão.

Leia também:

Empresário leva BMG ao Corinthians e Rosenberg vira coadjuvante

Dois anos e bonificações: entenda o contrato entre Corinthians e BMG

Acordo com BMG não tem relação com naming rights da Arena Corinthians

?Algumas pessoas acabaram comentando, mas deixei isso claro que é mentira. O importante é que estou feliz com a oportunidade que estou recebendo?, disse, sem se alongar, focado na temporada em campo.

?Cheguei agora, não tenho muito contato com meus companheiros. Os outros times estão contratando muito bem, mas o Corinthians é uma equipe forte, quando entra no campeonato é para vencer?, opinou.

?Com a chegada do professor e de alguns jogadores, vai demorar um pouquinho para encaixar, mas depois temos tudo para fazer um grande campeonato. Temos de pensar na nossa equipe, não nos adversários?, completou.

Por fim, Manoel deu ao torcedor corintiano que não lhe conhece as indicações de como deverá ser sua postura dentro de campo.

?Meu sonho é esse, me tornar um ídolo do Corinthians e da torcida. Sou um zagueiro que marca forte, não desisto nunca da jogada, vou procurar sempre marcar, orientar, ajudar nas bolas paradas, pois ataco bem a bola? meu estilo de jogo é esse?, concluiu.

 

Gazeta Esportiva

TAGS