PUBLICIDADE
Esportes

Carille volta à Arena em jogos oficiais: ?Vou assumir a responsabilidade?

O técnico Fábio Carille retorna neste domingo, em jogos oficiais, para a Arena Corinthians casa que soube usar como poucos no comando do clube do Parque São Jorge. Campeão paulista e brasileiro levantando a taça no local, ele tenta mostrar que o semestre afastado, comandando o Al-Wehda, nada mudou na sua capacidade de conquistar vitórias [?]

07:45 | 20/01/2019

O técnico Fábio Carille retorna neste domingo, em jogos oficiais, para a Arena Corinthians casa que soube usar como poucos no comando do clube do Parque São Jorge. Campeão paulista e brasileiro levantando a taça no local, ele tenta mostrar que o semestre afastado, comandando o Al-Wehda, nada mudou na sua capacidade de conquistar vitórias em Itaquera.

?Tenho que assumir essa responsabilidade?, comentou o treinador, que viu a diretoria movimentar-se bem nos bastidores, contratar nomes de sucesso recente no futebol brasileiro, como Ramiro e Sornoza, e ainda acertar com o experiente Boselli, goleador que fez história nos últimos cinco ano com a camisa do León, no México.

?Estou muito satisfeito pelo o que está acontecendo, o Corinthians buscou jogadores da característica do Corinthians, com participação com e sem bola, tenho que dividir a responsabilidade?, observou o comandante, que ainda espera mais dois nomes durante a semana.

O lateral esquerdo Guilherme Arana, que deve definir o seu destino nesta segunda-feira, buscando uma solução amigável com o Sevilla, e o atacante Vagner Love, que tenta acertar sua rescisão com o Besiktas para ficar livre e voltar ao Timão.

Ainda que esteja contente pelo esforço desempenhado pelos diretores, Carille reconheceu que não pode entrar em campo para fazer o gol. Para ele, dependerá dos jogadores melhorar a imagem ruim deixada no Brasileiro do ano passado, quando o Timão fez apenas 44 pontos e só se livrou do rebaixamento na penúltima rodada.

?Escalar e definir a forma de jogar é minha, mas em campo e bola não fica comigo, dividimos a responsabilidade. Mas fico muito em paz, vai ser um time organizado. Consequência disso vai ser bons resultados?, concluiu Carille.

Gazeta Esportiva

TAGS