Corinthians aguarda liberação de Carille para demitir Jair VenturaSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO 

PUBLICIDADE
Esportes


Corinthians aguarda liberação de Carille para demitir Jair Ventura

A prioridade da diretoria do Corinthians com o fim dos jogos em 2018 é definir a troca no comando da equipe para 2019. Uma reunião deve acontecer ainda nessa segunda-feira entre a cúpula alvinegra, e a intenção é sacramentar a demissão de Jair Ventura. O atual treinador só não foi comunicado oficialmente de nada até [?]

05:15 | 03/12/2018

A prioridade da diretoria do Corinthians com o fim dos jogos em 2018 é definir a troca no comando da equipe para 2019. Uma reunião deve acontecer ainda nessa segunda-feira entre a cúpula alvinegra, e a intenção é sacramentar a demissão de Jair Ventura.

O atual treinador só não foi comunicado oficialmente de nada até agora pelo fato de que faltavam poucos compromissos para o fim da temporada e, principalmente, pela situação ainda não concretizada da contratação de Fábio Carille, escolhido para ser seu substituto.

Carille, por meio de seus empresários, chegou a um acordo com o Timão na semana passada. O pagamento da multa de 700 mil dólares, cerca de R$ 2,8 milhões, junto ao Al Wehda também deve ser confirmado nessa segunda-feira.

Contratado em maio pelo clube da Arábia Saudita, Fábio Carille avisou que só fecharia o negócio após a confirmação da saída de Jair Ventura e depois de falar pessoalmente com os árabes responsáveis por sua contratação há poucos meses. A intenção é deixar o país em harmonia com todos.

Leia também:

Jair se defende, tem esperança em ficar e até planeja 2019 do Corinthians

Diretoria do Corinthians não banca Jair e despista sobre Carille

Fábio Carille abre possibilidade de voltar ao Corinthians em 2019

Chico Lang: Carille já acertou a volta para o Corinthians!!!

Grêmio quer Capixaba e pode ceder Marinho ao Corinthians

É muito provável que até terça-feira tudo esteja resolvido, com Carille já de volta ao Brasil, com toda a papelada assinada. Seu salário será menor do que o Al Wehda pagava, mas, o dobro do que ele ganhava quando saio do Corinthians.

A partir disso, o planejamento para o elenco será reiniciado, agora com as anuências do novo treinador.

 

Gazeta Esportiva

TAGS