Fagner vê clube atraente a reforços: ?Quem não viria para o Corinthians??Sport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Fagner vê clube atraente a reforços: ?Quem não viria para o Corinthians??

O lateral direito Fagner é um dos principais pilares do time do Corinthians. Atleta que disputou a Copa do Mundo e se mantém entre os melhores da sua posição desde que voltou ao clube, em 2014, ele admite que o final do ano está longe do que ele esperava em janeiro. Nada, porém, que impeça [?]

12:15 | 27/11/2018

O lateral direito Fagner é um dos principais pilares do time do Corinthians. Atleta que disputou a Copa do Mundo e se mantém entre os melhores da sua posição desde que voltou ao clube, em 2014, ele admite que o final do ano está longe do que ele esperava em janeiro. Nada, porém, que impeça o Timão de buscar reforços para a próxima temporada. Para o defensor, o Alvinegro ainda é um grande atrativo para os jogadores.

Sem dúvida. Se você for olhar o cenário atual jogadores que conhecem o Corinthians, quem não queria vir? Todo atleta tem o sonho e gostaria de estar aqui um dia?, disse o camisa 23, que acredita numa recuperação semelhante à obtida pela equipe entre 2016 e 2017. Vindo de um Brasileiro sem nem conseguir a Libertadores, o clube se reergueu e ganhou Paulista e Brasileiro no ano seguinte.

?Começando um novo ano, todo mundo com a cabeça fresca e pensando grande, temos totais condições?, continuou Fagner. Para ele, as mudanças no comando e alguns problemas para a escalação de atletas, como lesões e suspensões, foram os pontos principais para a queda de rendimento.

?Difícil enumerar os fatores, uma sucessão de coisas, lesões, fator de jogo, fazem com que você não tenha o rendimento esperado. Situações, como eu falei, de lesão, jogador que entra, leva cartão. Uma série de coisas que acaba influenciando para a gente ter esse segundo turno tão abaixo. Temos algumas limitações, mas não era para estar nessa situação em que estamos encerrando?, observou.

?Esse ano estamos terminando não da forma que gostaríamos, mas acho que serve como lição, aprendizado grande para voltar melhor nessa busca para, quem sabe no final do ano que vem, esteja todo mundo aqui de novo?, concluiu Fagner.

Gazeta Esportiva

TAGS