Léo Santos revela tendência defensiva e pede agressividade na ArenaSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Léo Santos revela tendência defensiva e pede agressividade na Arena

Se na parte defensiva o Corinthians fez uma partida invejável na última quarta-feira, contra o Flamengo em pleno Maracanã, ofensivamente o time ficou devendo pela partida de ida da semifinal da Copa do Brasil. E no desembarque do time em São Paulo após o 0 a 0, o zagueiro Léo Santos foi questionado quanto a [?]

14:00 | 13/09/2018

Se na parte defensiva o Corinthians fez uma partida invejável na última quarta-feira, contra o Flamengo em pleno Maracanã, ofensivamente o time ficou devendo pela partida de ida da semifinal da Copa do Brasil. E no desembarque do time em São Paulo após o 0 a 0, o zagueiro Léo Santos foi questionado quanto a postura cautelosa do Alvinegro e a falta de efetividade, mas admitiu que a tendência já era essa, até pelo pouco tempo de trabalho do Jair e da situação de poder decidir o confronto na Arena.

?Vejo que defensivamente fomos muito bem. O professor Jair chegou a pouco tempo, não teve muitos treinos com o nosso time e passou todas as funções, tudo que tínhamos que fazer para poder neutralizar o ataque do Flamengo. Acho que nesse ponto tivemos uma boa atuação?, disse o defensor.

Léo Santos passa em terceira chance e pode ser mantido como titular

Jair confia em ?DNA vitorioso? do Corinthians na busca pela vaga

Depois de um primeiro tempo em que ainda criou algumas chances, principalmente com Clayson, escalado na equipe titular no lugar de Roger, o Corinthians praticamente abdicou de jogar na etapa complementar e sequer deu um chute à meta defendida por Diego Alves. Mesmo assim, admitindo que a postura defensiva prejudicou o rendimento ofensivo do time, o jovem defensor rechaçou o empate como objetivo antes da entrada em campo e pediu agressividade na volta.

?Fomos para buscar a vitória. Um time com a grandeza do Corinthians tem que pensar sempre em vencer. A postura defensiva foi mais uma questão tática. O Jair (Ventura) conversou com a gente sobre o que seria o melhor para nós nessa partida e penso que fizemos muito bem o que foi pedido. Infelizmente não conseguimos a vitória. O Flamengo nos pressionou, mas nos comportamos muito bem na defesa?, ressaltou

?Na nossa casa a apostura vai ser diferente. Jogar com o apoio da nossa torcida é sempre bom e diferente. Quando jogamos na Arena é normal que tenhamos uma postura mais agressiva e vamos buscar isso para avançar à final da Copa do Brasil?, completou Léo Santos.

Antes de decidir contra o Rubro-Negro o finalista da Copa do Brasil, em confronto marcado para o próximo dia 26, o Corinthians ainda faz duas partidas pelo Campeonato Brasileiro, ambas dentro de sua Arena. No domingo, o adversário será o Sport, com expectativa de força máxima já que Fágner passou pelo saguão do aeroporto sem acusar nada quanto a lesão que o afastou dos últimos jogos. Já no dia 23, Jair e seus comandados medirão forças com o Internacional.

Gazeta Esportiva

TAGS