Jonathas faz tratamento e presença em decisão contra o Colo-Colo é improvávelSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Jonathas faz tratamento e presença em decisão contra o Colo-Colo é improvável

O atacante Jonathas começou a última semana prometendo melhorar e ajudar o Corinthians a avançar na Copa Libertadores da América, contra o Colo-Colo. Alguns dias depois, no entanto, o centroavante segue entregue ao departamento médico alvinegro, não apareceu no campo do CT Joaquim Grava nesta segunda-feira e tem grandes chances de não conseguir atuar na [?]

12:15 | 27/08/2018

O atacante Jonathas começou a última semana prometendo melhorar e ajudar o Corinthians a avançar na Copa Libertadores da América, contra o Colo-Colo. Alguns dias depois, no entanto, o centroavante segue entregue ao departamento médico alvinegro, não apareceu no campo do CT Joaquim Grava nesta segunda-feira e tem grandes chances de não conseguir atuar na decisão contra os chilenos, quarta-feira, na Arena.

O jogador ficou nas dependências internas do local enquanto os companheiros trabalhavam no campo durante a manhã, ainda com desconforto na coxa direita, mesmo motivo que o tirou da partida contra o Paraná, no sábado. O local da lesão, aliás, é o mesmo afetado por um estiramento que o tirou de combate durante três semanas, logo após a retomada da Copa do Mundo.

Sem Jonathas, o técnico Osmar Loss optou pela entrada de Roger na equipe frente aos paranaenses, com boa participação do atleta na vitória por 1 a 0. Apesar de ter perdido um gol ao chutar bola na trave cara a cara com o goleiro Richard, o atacante foi elogiado por dar mais profundidade ao time diante de uma equipe que procurava se defender bastante, assim como os corintianos esperam os chilenos.

Ainda que se recupere a tempo de ser relacionado para a partida, o mais provável é que Jonathas, assim como Roger, fique no banco de reservas. Romero, que estava suspenso por ter sido expulso contra o Fluminense, é titular da equipe e provavelmente herdará a função mais à frente, como um ?falso 9?.

Aliviado após a vitória por 1 a 0 sobre o Paraná, no último final de semana, o Alvinegro tem a missão de reverter a derrota sofrida em Santiago, na primeira partida, quando foi superado pelo placar mínimo. Para avançar no tempo normal, precisa abrir uma diferença de no mínimo dois gols. Novo 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis, enquanto qualquer outro resultado dá a vaga aos visitantes.

Gazeta Esportiva

TAGS