PUBLICIDADE
Esportes

Romero telefona para compatriota e promete ajudar em adaptação

Com saudades do zagueiro Balbuena, que rumou para o inglês West Ham, o atacante Ángel Romero está próximo de ganhar a companhia de um novo compatriota no Corinthians. O meia-atacante Sérgio Díaz precisa ser aprovado em exames médicos para chegar ao clube emprestado pelo Real Madrid, da Espanha. ?Liguei para ele quando escutei que a [?]

07:15 | 26/07/2018

Com saudades do zagueiro Balbuena, que rumou para o inglês West Ham, o atacante Ángel Romero está próximo de ganhar a companhia de um novo compatriota no Corinthians. O meia-atacante Sérgio Díaz precisa ser aprovado em exames médicos para chegar ao clube emprestado pelo Real Madrid, da Espanha.

?Liguei para ele quando escutei que a negociação estava fechada. Ele estava na Espanha ainda. Falei que, precisando de qualquer coisa, estou aqui?, comentou Romero, com a experiência de quem sofreu para se ambientar ao futebol brasileiro. ?Ele está contente por vir para um clube como o Corinthians. Vou ajudá-lo a se adaptar o mais rapidamente possível?, prometeu.

Romero e Díaz têm em comum o passado no Cerro Porteño. ?Mas, quando saí de lá, ele ainda estava subindo para o profissional. Treinei com ele, mas não tive a sorte de jogar com ele. É um jogador que tem muita qualidade, que demonstrou isso no Cerro. Não é à toa que o Real Madrid o comprou?, elogiou o paraguaio que já pertence ao elenco do Corinthians.

Na Espanha, porém, Díaz teve a sua trajetória prejudicada por uma grave contusão. O atleta sofreu uma ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo e não entra em campo desde novembro do ano passado. Por isso, os exames médicos desta quinta-feira são considerados cruciais para a assinatura de um contrato válido por um ano e meio.

?Vamos sair para jantar quando ele chegar ao Brasil, com o seu empresário e a família?, programou Romero, confiante de que o negócio vingará. ?É um jogador de muita qualidade, com 20 anos ainda e um futuro enorme pela frente?, apostou.

Romero só não sabe se ele próprio estará ao lado de Sérgio Díaz durante muito tempo. Com contrato válido até 14 de julho de 2019, o autor dos gols da vitória do Corinthians sobre o Cruzeiro pode ser assediado por clubes do exterior. ?Mas tomara que eu fique, para ajudá-lo. É um paraguaio, que precisará de adaptação. Ele vem de outra cultura e fala outro idioma?, observou.

Gazeta Esportiva

TAGS