PUBLICIDADE
Esportes

Desmanche e lesões deixam Corinthians com três a menos na Libertadores

O Corinthians vai disputar as oitavas de final da Copa Libertadores América com três jogadores a menos no elenco em relação aos seus adversários. Devido à saída de sete jogadores na parada para a Copa do Mundo e à grave lesão no joelho esquerdo do volante Renê Júnior, confirmada na segunda-feira, nem mesmo as substituições [?]

07:15 | 24/07/2018

O Corinthians vai disputar as oitavas de final da Copa Libertadores América com três jogadores a menos no elenco em relação aos seus adversários. Devido à saída de sete jogadores na parada para a Copa do Mundo e à grave lesão no joelho esquerdo do volante Renê Júnior, confirmada na segunda-feira, nem mesmo as substituições permitidas no regulamento conseguirão ajudar integralmente o Alvinegro.

A Conmebol permite que um clube troque cinco dos 30 nomes inscritos na fase de grupos para a sequência do mata-mata do torneio. Dessa forma, o Timão ficará a dois atletas de repor as confirmadas saídas de Balbuena, Juninho Capixaba, Sidcley, Maycon, Rodriguinho, Júnior Dutra e Lucca. Léo Príncipe e Kazim, também negociados, já não haviam sido inscritos anteriormente.

Para piorar situação, a conta de desfalques foi aumentada por uma infelicidade: Renê Júnior rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e só poderá voltar aos campos no ano que vem, totalizando oito ausências com relação inicial. Mesmo com as cinco trocas estabelecidas para as oitavas de final, serão no máximo 27 corintianos aptos a jogar contra 30 do restante dos adversários (ou da maioria deles).

A situação melhora caso o Timão avance para as quartas de final, mas ainda deixará o time levemente desfalcado. De acordo com a Conmebol, mais duas alterações podem ser feitas para a fase seguinte, abrindo espaço para o técnico Osmar Loss contar com 29 nomes. A conta só seria zerada em uma possível semifinal, com a possibilidade de duas novas trocas.

A data-limite para o registro das novidades na lista se dará às 14h (de Brasília) do dia 7 de agosto, véspera da partida de ida contra o Colo Colo, em Santiago. O duelo da volta está marcado para as 21h45 (de Brasília) do dia 29 do mesmo mês, na Arena Corinthians.

Ciente da situação, o clube busca evitar ao máximo a negociação de mais atletas até o final da janela de transferências, principalmente daqueles inscritos no torneio sul-americano. Em oitavo lugar no Campeonato Brasileiro, a equipe está 11 pontos atrás do líder Flamengo e enxerga as copas, tanto Libertadores quanto a do Brasil, como maior chance de título para o semestre.

Gazeta Esportiva

TAGS