PUBLICIDADE
Esportes

Debandada na comissão técnica afeta a rotina do Corinthians

A saída de Fábio Carille para o Al-Wehda, da Arábia Saudita, ainda reverbera no Corinthians. Apesar de já ter um novo comandante, Osmar Loss, a comissão técnica passou por muita mudanças. Junto ao ex-treinador do Timão, saíram o auxiliar Leandro Cuca, o preparador Walmir Cruz e o observador técnico Mauro da Silva. Agora, também por convite [?]

08:15 | 01/07/2018

A saída de Fábio Carille para o Al-Wehda, da Arábia Saudita, ainda reverbera no Corinthians. Apesar de já ter um novo comandante, Osmar Loss, a comissão técnica passou por muita mudanças. Junto ao ex-treinador do Timão, saíram o auxiliar Leandro Cuca, o preparador Walmir Cruz e o observador técnico Mauro da Silva. Agora, também por convite do técnico campeão brasileiro, o preparador de goleiros Mauri Lima e o chefe do CIFUT (Centro de Inteligência do Futebol) Denis Luup rescindiram seus contratos. Todas essas mudanças provocaram alterações na rotina do clube.

Apesar de serem novos nomes nos cargos, todos que estão na nova comissão vieram do sub-20 e ao menos já estão acostumados com a realidade do time do Parque São Jorge.

Leandro Cuca era o responsável pelo treinamento de finalizações e cruzamentos e um dos nomes mais próximos dos atletas. Para seu lugar, Dyego Coelho assumiu o posto de auxiliar. Ele comandou o Corinthians sub-20 na campanha do vice-campeonato da Copa do Brasil e agora tem a função de ajudar Loss, como fazia nos tempos em que ambos estavam nas categorias de base.

Walmir Cruz, preparador físico, foi substituído por Anselmo Sbragia. A maior diferença entre os estilos é que o novo membro da comissão trabalha bastante a parte psicológica nos treinos, algo que o antigo profissional não incluía tanto em sua rotina.

Mauri Lima também aceitou o convite do time saudita. Ele era visto como o grande responsável pelo sucesso dos goleiros do Corinthians nos últimos anos. Além do Cássio, hoje na Seleção Brasileira, trabalhou com o Walter, pretendido pelo Flamengo e pelo São Paulo nos últimos anos, e formou Danilo Fernandes, hoje no Internacional, e Weverton, no Palmeiras. Leandro Idalino, antes do sub-20 do Timão, é o novo encarregado.

Junto do preparador, Denis Luup também acertou com o Al-Wehda. O Alvinegro ainda não se manisfestou sobre o substituto, mas afirmou que deve contratar alguém para repor a baixa.

Mesmo com tantas mudanças, o volante Renê Júnior ressalvou que se trata apenas de adaptação para os novos profissionais. ?Faz um pouco de diferença porque já conhecíamos o pessoal, sabíamos quem procurar quando precisamos de algo, mas é questão de tempo até chegar novos profissionais para fazer um grande trabalho?, afirmou o jogador corintiano.

Gazeta Esportiva

TAGS
Debandada na comissão técnica afeta a rotina do CorinthiansSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes

Debandada na comissão técnica afeta a rotina do Corinthians

A saída de Fábio Carille para o Al-Wehda, da Arábia Saudita, ainda reverbera no Corinthians. Apesar de já ter um novo comandante, Osmar Loss, a comissão técnica passou por muita mudanças. Junto ao ex-treinador do Timão, saíram o auxiliar Leandro Cuca, o preparador Walmir Cruz e o observador técnico Mauro da Silva. Agora, também por convite [?]

08:15 | 01/07/2018

A saída de Fábio Carille para o Al-Wehda, da Arábia Saudita, ainda reverbera no Corinthians. Apesar de já ter um novo comandante, Osmar Loss, a comissão técnica passou por muita mudanças. Junto ao ex-treinador do Timão, saíram o auxiliar Leandro Cuca, o preparador Walmir Cruz e o observador técnico Mauro da Silva. Agora, também por convite do técnico campeão brasileiro, o preparador de goleiros Mauri Lima e o chefe do CIFUT (Centro de Inteligência do Futebol) Denis Luup rescindiram seus contratos. Todas essas mudanças provocaram alterações na rotina do clube.

Apesar de serem novos nomes nos cargos, todos que estão na nova comissão vieram do sub-20 e ao menos já estão acostumados com a realidade do time do Parque São Jorge.

Leandro Cuca era o responsável pelo treinamento de finalizações e cruzamentos e um dos nomes mais próximos dos atletas. Para seu lugar, Dyego Coelho assumiu o posto de auxiliar. Ele comandou o Corinthians sub-20 na campanha do vice-campeonato da Copa do Brasil e agora tem a função de ajudar Loss, como fazia nos tempos em que ambos estavam nas categorias de base.

Walmir Cruz, preparador físico, foi substituído por Anselmo Sbragia. A maior diferença entre os estilos é que o novo membro da comissão trabalha bastante a parte psicológica nos treinos, algo que o antigo profissional não incluía tanto em sua rotina.

Mauri Lima também aceitou o convite do time saudita. Ele era visto como o grande responsável pelo sucesso dos goleiros do Corinthians nos últimos anos. Além do Cássio, hoje na Seleção Brasileira, trabalhou com o Walter, pretendido pelo Flamengo e pelo São Paulo nos últimos anos, e formou Danilo Fernandes, hoje no Internacional, e Weverton, no Palmeiras. Leandro Idalino, antes do sub-20 do Timão, é o novo encarregado.

Junto do preparador, Denis Luup também acertou com o Al-Wehda. O Alvinegro ainda não se manisfestou sobre o substituto, mas afirmou que deve contratar alguém para repor a baixa.

Mesmo com tantas mudanças, o volante Renê Júnior ressalvou que se trata apenas de adaptação para os novos profissionais. ?Faz um pouco de diferença porque já conhecíamos o pessoal, sabíamos quem procurar quando precisamos de algo, mas é questão de tempo até chegar novos profissionais para fazer um grande trabalho?, afirmou o jogador corintiano.

Gazeta Esportiva

TAGS