PUBLICIDADE
Esportes

Corinthians inicia série que pode levá-lo do ?céu ao inferno?

Os próximos sete dias do Corinthians podem dar toda a tranquilidade sonhada para Fábio Carille planejar o restante da temporada quanto colocar em risco até a participação nas Copas (do Brasil e Libertadores da América) depois do Mundial da Rússia. O início será no embate contra o Vitória, na noite desta quinta-feira, às 19h30 (de [?]

07:45 | 10/05/2018

Os próximos sete dias do Corinthians podem dar toda a tranquilidade sonhada para Fábio Carille planejar o restante da temporada quanto colocar em risco até a participação nas Copas (do Brasil e Libertadores da América) depois do Mundial da Rússia. O início será no embate contra o Vitória, na noite desta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Arena, pela segunda partida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O cenário que pode se aproximar do ?inferno? corintiano, à beira de uma eliminação precoce no torneio continental após possivelmente cair na Copa do Brasil e fracassar no Derby, também pode coroar o ?céu?: em caso de vitória, o clube do Parque São Jorge carimba a classificação antecipada, possivelmente vivo na Copa do Brasil e em alta no Brasileiro com um triunfo no clássico.

Considerado um torneio importante principalmente pela premiação de R$ 50 milhões distribuída ao campeão, o mata-mata nacional recebe atenção especial dos comandados de Carille. A ideia é provar a força dentro de casa, encerrando uma série sem triunfos iniciada justamente na partida de ida, na Bahia, e ganhar embalo para encarar os próximos desafios.

?Nosso trabalho aqui, além de jogar futebol, é conversar para acertar as coisas que não vêm dando certo. Isso não nos preocupa tanto por sabermos o trabalho que estamos fazendo aqui. Agora, com esse descanso, vamos poder voltar, fazer 3, 4 jogos em alta intensidade para ter uma tranquilidade maior de novo?, comentou o meia Rodriguinho, vislumbrando a sequência posterior.

No domingo, às 16h (de Brasília), o rival dos alvinegros será o Palmeiras, no primeiro reencontro entre as equipes desde a final do Campeonato Paulista. Duelo que, além de reunir o segundo e o terceiro colocado do Campeonato Brasileiro, ainda que numa fase bastante inicial do torneio, sempre é visto como propulsor pela comissão técnica para os bons momentos do time.

Foi assim nas vitórias do Paulista e do segundo turno do Brasileiro do ano passado, quando o Timão conseguiu embalar sequências que culminaram no título de ambas competições. No Estadual desta temporada, vitória por 2 a 0 para se sobrepor a uma errante fase de classificação e posterior bicampeonato na casa do adversário.

Esse aspecto ganha mais força pelo fato de, quatro dias depois, na quinta, dia 17, o adversário será o Deportivo Lara, na longínqua Barquisimeto, na Venezuela. Líder do Grupo 7, o Timão caiu frente ao Independiente em Itaquera e deu a esse jogo uma importância ainda maior, podendo até terminar a rodada em terceiro caso seja derrotado pelos venezuelanos.

Gazeta Esportiva

TAGS