PUBLICIDADE
Esportes

Corinthians fecha série decisiva com louvor e tem ?respiro? até a Copa

O Corinthians fechou na noite desta quinta-feira uma sequência apontada como fundamental para a temporada da equipe. Depois de se classificar para as quartas de final da Copa do Brasil, derrotando o Vitória, e superar o Palmeiras em mais um Derby, pelo Brasileiro, a equipe massacrou o Deportivo Lara por 7 a 2 na Venezuela [?]

12:00 | 18/05/2018

O Corinthians fechou na noite desta quinta-feira uma sequência apontada como fundamental para a temporada da equipe. Depois de se classificar para as quartas de final da Copa do Brasil, derrotando o Vitória, e superar o Palmeiras em mais um Derby, pelo Brasileiro, a equipe massacrou o Deportivo Lara por 7 a 2 na Venezuela e selou a vaga nas oitavas da Libertadores, ganhando um ?respiro? até a parada para a Copa do Mundo.

Disputada em sete dias, a série era vista como fundamental pelo técnico Fábio Carille para assegurar os compromissos no segundo semestre, quando voltam a ser disputados os torneios de mata-mata e se desenrola a parte final do Brasileiro.

?Pedi muita concentração aos jogadores. O campo não era confiável, escorrega, então na zona de segurança precisava ser o mais simples possível. Nos perdemos no primeiro tempo, no segundo voltamos a acelerar. Viemos muito preparados para esse jogo?, disse o treinador, que provavelmente não estará no clube para seguir o seu planejamento inicial.

Para o treinador, com as vagas asseguradas, o Alvinegro tem a possibilidade de rodar o seu elenco e descansar alguns jogadores que não puderam ser poupados desde então. Além disso, é provável que o centroavante Roger, contratado para dar alternativa tática ao comandante, ganhe mais oportunidades no ataque.

Encaixados no time titular desde a estreia, o zagueiro Henrique (24 jogos seguidos) e o lateral esquerdo Sidcley (19 jogos seguidos), por exemplo, têm boas chances de serem preservados da partida contra o Sport, no domingo, às 16h (de Brasília), na Ilha do Retiro.

O embate em Pernambuco, por sinal, marcará o último jogo de Cássio antes de se apresentar à Seleção Brasileira, abrindo a disputa entre Caíque França e Walter para os sete jogos restantes no calendário até a parada para o Mundial: seis pelo Brasileiro e um pela Libertadores, na quinta, dia 24, contra o Millonarios, na Arena.

Ainda há a expectativa a respeito da utilização dos garotos contratados pela diretoria durante os primeiros meses do ano, como o volante Thiaguinho, o meia Bruno Xavier e o centroavante Matheus Matias. O trio também deve estrear com a camisa corintiana nas próximas semanas.

Gazeta Esportiva

TAGS