PUBLICIDADE
Esportes

Paraguaios esperam dirigentes, mas devem perder possível semi

Os paraguaios Fabián Balbuena e Ángel Romero vivem um dilema para os próximos dias no Corinthians. Titulares da equipe do técnico Fábio Carille, que vai encarar seu primeiro mata-mata do ano no domingo e tem o objetivo de chegar à final do Campeonato Paulista, eles foram convocados para a seleção do Paraguai e, caso o [?]

08:45 | 15/03/2018

Os paraguaios Fabián Balbuena e Ángel Romero vivem um dilema para os próximos dias no Corinthians. Titulares da equipe do técnico Fábio Carille, que vai encarar seu primeiro mata-mata do ano no domingo e tem o objetivo de chegar à final do Campeonato Paulista, eles foram convocados para a seleção do Paraguai e, caso o Timão passe pelo Bragantino, rival das quartas, não poderiam atuar em uma possível semifinal.

Como o duelo dos paraguaios com os Estados Unidos está marcado para o dia 27 deste mês, em Cary, eles certamente não poderiam estar presentes no duelo de ida, que será realizado no fim de semana anterior, e provavelmente não chegariam a tempo da volta, pré-agendada para 28 ou 29 de março. Para a diretoria corintiana, porém, como os guaranis estão fora da Copa do Mundo, há a possibilidade de se conseguir uma liberação da dupla.

Cientes da situação, os dois receberam o presidente da Federação Paraguaia de Futebol, Robert Harrison, e do técnico da seleção, Gustavo Morinigo, que estiveram no estádio de Itaquera para acompanhar a partida contra o Deportivo Lara-VEN, na quarta-feira, pela segunda rodada do Grupo 7 da Copa Libertadores da América. Sem se envolverem na discussão, eles esperam que os dirigentes dos dois lados decidam rapidamente a questão.

?Eles estiveram aí, vamos esperar que as diretorias conversem entre si. O técnico é novo, primeira convocação, então é algo importante também, mas temos as finais aqui. Enfim, vamos ver o que eles decidem?, disse Romero, que ainda lembrou a coincidência entra a data de apresentação, no dia 22, e o segundo jogo das quartas de final do Estadual, contra o Bragantino. Para esse duelo, porém, dificilmente o Timão não conseguiria ao menos o adiamento em um dia da apresentação da dupla.

?Olha, eu acho difícil não liberarem a gente porque é uma data Fifa, mas vamos esperar?, continuou Balbuena, que não era titular da seleção como o atacante, mas vinha ganhando espaço nos últimos jogos. Caso eles não possam atuar, Carille provavelmente optaria por Pedro Henrique na zaga e alguém entre Pedrinho, Lucca e Marquinhos Gabriel para o setor de Romero.

A definição sobre a liberação ou não dos dois só deve sair na próxima semana. Além deles, Carille já sabe que não poderá contar com o lateral direito Fagner, chamado à Seleção Brasileira para os jogos contra Rússia, no dia 23, e Alemanha, no dia 27, desde o segundo duelo das quartas até uma possível volta da semi. O jovem Mantuan, de 20 anos, será o substituto na função.

Gazeta Esportiva

TAGS