PUBLICIDADE
Esportes

Corintianos lamentam desatenção e confiam em virada na quinta

Os jogadores do Corinthians deixaram o gramado do Pacaembu muito incomodados com a atuação da equipe, principalmente no segundo tempo da derrota por 3 a 2 para o Bragantino, na tarde deste domingo, em duelo válido pela primeira partida das quartas de final do Campeonato Paulista. Apontando desconcentração e falta de intensidade, os corintianos só [?]

19:30 | 18/03/2018

Os jogadores do Corinthians deixaram o gramado do Pacaembu muito incomodados com a atuação da equipe, principalmente no segundo tempo da derrota por 3 a 2 para o Bragantino, na tarde deste domingo, em duelo válido pela primeira partida das quartas de final do Campeonato Paulista. Apontando desconcentração e falta de intensidade, os corintianos só mantiveram a confiança em uma virada devido ao belo gol marcado por Pedrinho, já na parte final do jogo.

?Não, não pode comemorar, perdemos o jogo, nunca é uma coisa para se comemorar. A gente sabe o que a gente errou, vamos trabalhar essa semana para fazer um jogo melhor. Temos chance de classificar ainda e vamos para cima deles na quinta-feira?, disse o volante Maycon, descartando qualquer possibilidade de celebração pela desvantagem menor.

?O bom é que o próximo jogo é na quinta-feira, tem três dias para trabalhar e já entrar em campo de novo, não precisamos ficar remoendo isso?, continuou o também volante Gabriel, fazendo coro às palavras do colega canhoto. Na zaga, a opinião foi semelhante, apesar de um pouco mais crítica.

?Claro que dá para virar, é futebol, mas hoje (domingo) deixamos a desejar. Acabamos tomando os gols, mas, dentro da nossa casa, diante da nossa torcida, temos tudo para reverter esse cenário?, avaliou Henrique, que não acredita ser esse placar um aviso aos alvinegros.

?Não é preocupante porque a gente demonstrou nossa capacidade. Faltou um pouco de atenção e a equipe do Bragantino aproveitou. A gente sempre teve uma defesa consistente e vai continuar tendo, hoje foi mais desatenção mesmo?, avaliou o defensor, que viu uma série de três jogos sem sofrer gols ser quebrada com autoridade pelo Braga.

?A gente vai trabalhar para poder, quando chegar lá em casa, conseguir a classificação. Acredito que demorou um pouco para a gente se acertar, mas, no segundo gol, a nossa linha estava montada. E teve dois gols de bola parada, então era ter mais atenção. Todos?, concluiu Balbuena.

Com o resultado, a equipe tem que obrigatoriamente vencer no jogo da volta por dois gols de diferença para avançar à semifinal do Campeonato Paulista. Triunfo simples levará a decisão para os pênaltis. Os comandados de Fábio Carille e os de Marcelo Veiga fazem o segundo duelo na quinta-feira, às 16h (de Brasília), no estádio de Itaquera, fechando a fase de quartas de final da competição.

Gazeta Esportiva

TAGS