PUBLICIDADE
Esportes

Corinthians joga clássico sem nem um titular de defesa campeã

O Corinthians entrará em campo no domingo, contra o São Paulo, no estádio do Morumbi, sem nem um dos integrantes da defesa que montou a base da equipe campeã brasileira do ano passado. Praticamente um xodó de Fábio Carille, a tão falada primeira ?linha de quatro? jogadores do esquema corintiano passará por um teste de [?]

08:30 | 24/03/2018

O Corinthians entrará em campo no domingo, contra o São Paulo, no estádio do Morumbi, sem nem um dos integrantes da defesa que montou a base da equipe campeã brasileira do ano passado. Praticamente um xodó de Fábio Carille, a tão falada primeira ?linha de quatro? jogadores do esquema corintiano passará por um teste de fogo no Majestoso, a partir das 16h (de Brasília), pela primeira semifinal do Campeonato Paulista.

Sem poder contar naturalmente com o zagueiro Pablo (de volta ao Bordeaux-FRA) e o lateral esquerdo Guilherme Arana (vendido ao Sevilla-ESP), que já não fazem mais parte do plantel, Carille ainda viu o lateral direito Fagner, a serviço da Seleção Brasileira, e o zagueiro Balbuena, convocado para o Paraguai, tornarem-se desfalques para o primeiro clássico decisivo da temporada.

Dessa forma, os escolhidos para encarar o Tricolor serão Mantuan, em sua segunda partida consecutiva como titular, Pedro Henrique, praticamente um quinto homem do setor no título nacional do ano passado, Henrique e Sidcley, que vêm formando o lado esquerdo nos últimos cinco jogos e, aparentemente, estabeleceram-se como os substitutos dos negociados.

Essa, porém, não será a primeira vez que os quatro se alinham em uma partida. Diante do Botafogo-SP, na última rodada da fase de classificação do Paulista, Carille já havia utilizado essa formação, conseguindo uma vitória e, o mais importante nesse ponto de vista, um jogo sem ser vazado. 2 a 0 e o primeiro batismo do quarteto, que terá sua prova de fogo na casa do rival.

?Clássico é clássico, aqui não é diferente. É tudo clássico, espero que a gente faça uma boa partida, junto com nosso grupo?, disse Sidcley, integrante dessa defesa que chegou há menos tempo ao clube, totalizando apenas cinco partidas até o momento.

Dono da segunda melhor campanha da fase de classificação do Paulista, o Timão terá a vantagem de fazer o segundo e decisivo jogo da semifinal em Itaquera, na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília). Não há, no entanto, outro benefício aos alvinegros no confronto.

Gazeta Esportiva

TAGS
Corinthians joga clássico sem nem um titular de defesa campeãSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes

Corinthians joga clássico sem nem um titular de defesa campeã

O Corinthians entrará em campo no domingo, contra o São Paulo, no estádio do Morumbi, sem nem um dos integrantes da defesa que montou a base da equipe campeã brasileira do ano passado. Praticamente um xodó de Fábio Carille, a tão falada primeira ?linha de quatro? jogadores do esquema corintiano passará por um teste de [?]

08:30 | 24/03/2018

O Corinthians entrará em campo no domingo, contra o São Paulo, no estádio do Morumbi, sem nem um dos integrantes da defesa que montou a base da equipe campeã brasileira do ano passado. Praticamente um xodó de Fábio Carille, a tão falada primeira ?linha de quatro? jogadores do esquema corintiano passará por um teste de fogo no Majestoso, a partir das 16h (de Brasília), pela primeira semifinal do Campeonato Paulista.

Sem poder contar naturalmente com o zagueiro Pablo (de volta ao Bordeaux-FRA) e o lateral esquerdo Guilherme Arana (vendido ao Sevilla-ESP), que já não fazem mais parte do plantel, Carille ainda viu o lateral direito Fagner, a serviço da Seleção Brasileira, e o zagueiro Balbuena, convocado para o Paraguai, tornarem-se desfalques para o primeiro clássico decisivo da temporada.

Dessa forma, os escolhidos para encarar o Tricolor serão Mantuan, em sua segunda partida consecutiva como titular, Pedro Henrique, praticamente um quinto homem do setor no título nacional do ano passado, Henrique e Sidcley, que vêm formando o lado esquerdo nos últimos cinco jogos e, aparentemente, estabeleceram-se como os substitutos dos negociados.

Essa, porém, não será a primeira vez que os quatro se alinham em uma partida. Diante do Botafogo-SP, na última rodada da fase de classificação do Paulista, Carille já havia utilizado essa formação, conseguindo uma vitória e, o mais importante nesse ponto de vista, um jogo sem ser vazado. 2 a 0 e o primeiro batismo do quarteto, que terá sua prova de fogo na casa do rival.

?Clássico é clássico, aqui não é diferente. É tudo clássico, espero que a gente faça uma boa partida, junto com nosso grupo?, disse Sidcley, integrante dessa defesa que chegou há menos tempo ao clube, totalizando apenas cinco partidas até o momento.

Dono da segunda melhor campanha da fase de classificação do Paulista, o Timão terá a vantagem de fazer o segundo e decisivo jogo da semifinal em Itaquera, na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília). Não há, no entanto, outro benefício aos alvinegros no confronto.

Gazeta Esportiva

TAGS